Votorantim Cimentos
Publicado em 07/10/2014Pesquisa de satisfação mantém funcionários na empresa

Pesquisa de satisfação mantém funcionários na empresa

Realizar pesquisas faz com que funcionários se sintam respeitados e fiéis ao emprego

Uma descoberta da psicologia organizacional mostra que profissionais satisfeitos são menos propensos a deixar a empresa. A afirmação é de Elmano Nigri, presidente da Arquitetura Humana – empresa especializada em planejamento estratégico humano. Para ele, é importante realizar a pesquisa de satisfação de funcionários, utilizando métodos quantitativos e qualitativos, a partir de um modelo robusto, e promover ações que revertam pontos indicados como negativos.

A política de percepção do clima empresarial, por outro lado, deve provocar impactos evidentes, significativos, capazes de estimular a permanência e também os resultados produtivos dos empregados.

A própria iniciativa de fazer a pesquisa já é um instrumento de motivação e fidelização de funcionários. “Ouvir opiniões, considerá-las e tomar decisões que criem nas pessoas a ideia de que são respeitadas aumenta muito a confiança de colaboradores, favorece a retenção de talentos e o engajamento na luta pelo cumprimento das metas da empresa”, analisa o presidente da Arquitetura Humana.

Efeitos climáticos

Os elementos que determinam o clima e o ambiente de trabalho variam conforme a empresa. “É preciso saber onde realmente devem ser focados esforços para garantir que empregados queiram continuar trabalhando e se dedicando às suas funções”. Para atuar estrategicamente, investigue exatamente o que seu colaborador valoriza.

Mesmo quando é afirmado na pesquisa de satisfação que os benefícios oferecidos são adequados, ou que há ótimo relacionamento com supervisores e colegas, isso nem sempre é prioritário, e nem sempre impede que um funcionário se desligue da empresa. Segundo Nigri, fatores como oportunidade de desenvolvimento da carreira podem pesar muito mais na escolha entre mudar ou não de emprego.

Percepção dos funcionários

Quando uma pessoa está satisfeita com seu trabalho, ou com o ambiente em que atua, isso significa que as expectativas foram superadas quanto a tudo o que acontece à sua volta. Em outras palavras, se o funcionário tiver expectativas muito altas desde o início, elas nunca poderão ser correspondidas. Por isso é necessário alinhá-las: “Muitas vezes são geradas no próprio processo seletivo, ao apresentar a empresa, sua cultura, visão e missão, ou forma de trabalho”, diz Nigri.

Os recém-admitidos também devem ser assessorados em seus primeiros passos no ambiente de trabalho. “Favorecer a integração ampla desse contingente é tarefa dos executivos, e não apenas do departamento de recursos humanos, a fim de que novatos se familiarizem rápido com os valores empresariais”, destaca. Nesse contexto, gerenciar essas percepções e expectativas pressupõe esforços de líderes e equipes, para fazer cumprir aquilo que está previsto na cultura de valores e missão da empresa.

Você conhece o cimento Todas as Obras da Votorantim? Veja todas as qualidades que ele reúne 

Botão Site

Compartilhe esta matéria

Mais lidas

Veja também

X