Votorantim Cimentos
Mapa da Obra - E-book

Construções sustentáveis

Confira como a Votorantim Cimentos realiza processos sustentáveis desde a fabricação de seus produtos até a execução dos mesmos nas obras

Publicado em 21/05/2018Concreto rolado: de pavimentação a barragens
Concreto rolado é utilizado para pavimentação de vias urbanas, como rodovias, pistas e pátios de aeroportosCréditos: Shutterstock

Concreto rolado: de pavimentação a barragens

Alternativa apresenta baixo custo e boas propriedades elásticas na estrutura do pavimento

Utilizado em sub-bases e bases de pavimentos de vias urbanas, como rodovias, pistas e pátios de aeroportos ou obras de grande porte que dispensam elevadas resistência mecânica do concreto, o concreto rolado é um material que possui uma mistura do tipo seca.

Ele possui a função de substituir a sub-base empregada em pavimentos flexíveis, que possuem a estrutura da camada de sub-base ou base executada com Brita Graduada Simples (BGS) ou Brita Graduada Tratada com Cimento (BGTC), conforme explica Valdir Moraes Pereira, pesquisador do Laboratório de Construção Civil (LMCC) do IPT, que também atua como professor e coordenador dos cursos de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo da Universidade Anhanguera.

Características do concreto rolado

A composição do concreto rolado é formada pelos mesmos materiais utilizados no concreto comum – cimento, água, agregados e aditivos, quando necessário. Com relação aos seus procedimentos, também devem ser realizados processos semelhantes à execução dos concretos convencionais durante o controle tecnológico de seus materiais, dosagem, lançamento, compactação e cura do concreto para pavimentos rígidos.

“Tratando-se no controle tecnológico dos materiais, o cimento deve atender às respectivas prescrições normativas em função do tipo empregado. É necessário atentar-se cuidadosamente ao tipo de agregado utilizado, sendo que este deve atender às diretrizes técnicas perante granulometria e perante os limites físicos prescritos pela norma ABNT NBR 7211:2009”, destaca Pereira.

Vale ressaltar que existem diferenças importantes entre o concreto rolado e o concreto convencional durante sua execução em pavimentos rígidos. No caso de concreto rolado, o mesmo é adensado por compactação. Já no caso de concreto convencional para pavimentos, devem ser adensados de forma mecânica e executados no interior de formas.

Especificações

  • Dosagem: É preciso realizar uma curva de compactação com faixas de umidade de 4,0 % a 7,5 %, determinando-se a massa específica aparente seca máxima e umidade ótima. Estes parâmetros são os mais importantes tratando-se da dosagem dos concretos rolados;
  • Resistência mecânica: Deve-se determinar por meio de moldagem de corpos de prova com 15 cm de diâmetro e 30 cm de altura, empregando-se soquete de 4,5 Kg a uma altura de queda de 45 cm na energia normal de compactação;
  • Controle tecnológico dos materiais: É preciso preconizar um limite para a dimensão máxima característica do agregado em 1/3 da espessura da camada de concreto ou em 32 mm, obedecendo o menor valor, conforme prescreve a norma DNIT 056/2013-ES;
  • Preparo: Para realizar a preparação do concreto rolado, deve-se colocá-lo em centrais de mistura ou em betoneiras estacionárias. “Em centrais de mistura, os materiais devem ser dosados em massa. É permitida a dosagem volumétrica em betoneiras estacionárias, desde que haja medidor de água e os agregados sejam medidos em volume com recipientes devidamente cubados em relação ao saco de cimento”, afirma o pesquisador do IPT. Deve-se ressaltar, ainda, que a norma técnica ABNT NBR 7583:1986 prescreve que o consumo mínimo de cimento para concretos para pavimentos executados mecanicamente deve ser de 320 Kg/m³, enquanto para o concreto rolado usual de cimento deve ser inferior, onde são usados consumos entre 85,0 Kg/m³ a 220,0 Kg/m³;
  • Execução: De acordo com Pereira, o concreto deve ser lançado com a espessura determinada em projeto, atentando-se para que seja lançado em toda a largura da faixa. Outra importante diferença do concreto rolado quando comparado ao concreto comum está no seu transporte, que é realizado em caminhões basculantes, devendo-se ser coberto com lona plástica para impedir a perda de umidade para o ambiente;
  • Cura: Deve ser realizada de forma a evitar a perda rápida de umidade, devendo ser executada por, no mínimo, sete dias. A cura deve ser realizada por meio de imprimação com emulsão asfáltica.

 

Modo de execução

De acordo com o pesquisador do IPT, o concreto rolado apresenta características secas quando comparados aos concretos convencionais, devendo apresentar menor trabalhabilidade, com abatimento de, no máximo, 6,0 cm. Sua diferença quando comparado ao concreto convencional está no processo de aplicação.

Ele deve ser espalhado com vibroacabadora, distribuidora de agregado ou com motoniveladora e compactado com rolo compactador liso vibratório autopropelido de 10 toneladas a 15 toneladas. “É importante que o processo de compactação seja realizado em faixas e que a compactação de faixas subsequentes ocorra dentro de 25% da faixa anterior”, ressalta o especialista.

Para realizar a aplicação do concreto em campo, é necessário que a umidade dos agregados seja aferida pelo menos duas vezes ao dia e que ajustes na quantidade de água de mistura sejam realizados quando a variação da umidade possa influenciar nas propriedades do próprio material.

Além de realizar o controle de umidade do agregado, deve-se controlar também a umidade do concreto no local da concretagem. Essa propriedade pode alterar a resistência mecânica do concreto e a sua compactação adequada. O excesso de água pode implicar em deficiências de compactação e a falta de água pode prejudicar a hidratação de todas as partículas de cimento.

Portanto, é preciso controlar a umidade do concreto rolado no momento da aplicação do material na obra. Esse controle pode ser realizado por meio do uso de ensaio com Speed Test ou por meio do método da frigideira. “O método da frigideira é o mais indicado, devido gerar resultados mais precisos, consistindo em determinar a quantidade percentual de água da mistura por meio da relação percentual entre a diferença da massa úmida do material e sua massa seca, dividindo-se pela sua massa seca”, explica Pereira.

 

Vantagens do concreto rolado

Na busca por maior durabilidade de estruturas para pavimentos determinadas tem sido demandadas estruturas mais robustas, o que, consequentemente, torna necessário o consumo maior da quantidade de materiais. Por essa razão, o concreto rolado é uma alternativa viável quando se deseja obter maior capacidade de suporte e propriedades elásticas da estrutura do pavimento.

Outra vantagem do uso desse tipo de concreto é seu baixo custo, alcançado pelo baixo consumo de cimento e menor tempo de liberação da obra, posto que o ganho de resistência mecânica deste tipo de concreto é alcançado pela energia do processo de compactação e por parte ocasionada pelas reações de hidratação do ligante do concreto.

 

Quer otimizar sua obra? Construtora deve analisar mensalmente o cumprimento de cada uma das etapas estipuladas em cronograma

Botão Site

 

 

Compartilhe esta matéria

Conheça a sustentabilidade na Votorantim Cimentos

Baixe o e-book grátis e descubra quais iniciativas da companhia auxiliam na concepção de obras sustentáveis!

Mapa da Obra - E-book
X