Votorantim Cimentos
Mapa da Obra - E-book

Gestão de BIM nas obras

Confira como uma das mais recentes tecnologias pode tornar seus processos de custos e materiais mais eficientes

Publicado em 05/03/2018Gerenciar processos no setor imobiliário gera lucratividade
Monitorar a agenda semanal dos serviços nas obras de infraestrutura e do setor imobiliário resultam em menor risco de atrasosCréditos: Shutterstock

Gerenciar processos no setor imobiliário gera lucratividade

Planejamento do ciclo de obra e alinhamento de serviços são pontos primordiais para manter processos eficientes

Atraso nas entregas das obras de infraestrutura e do setor imobiliário, aumento nos custos, perdas de materiais e rompimento de contratos são alguns dos problemas que podem ocorrer quando a incorporadora ou a construtora responsável pelos projetos não organiza seus processos previamente junto ao seu planejamento.

Para evitar que a sua obra desande no meio do caminho, é necessário investir tempo planejando e desenhando o ciclo de obra junto de toda a sua equipe, o que inclui engenheiros, projetistas, equipe de obra e diretores.

O ciclo de obra representa um grupo de serviços que andam em conjunto. “São serviços que dependem um do outro para seguirem. Por exemplo, começo com reboco, alvenaria, instalações hidráulicas, ar condicionado e, posteriormente, cerâmica. Eles andam juntos, logo, se um serviço atrasa, derruba todos”, explica Thiago Pissetti, diretor de engenharia da Swell Construções e Incorporações.

Para que esse ciclo de obra seja cumprido, é preciso seguir algumas boas práticas logo no planejamento, como definir as datas de cada atividade que será realizada na obra semanalmente e estipular – sempre em contrato – prazos, penalidades e bonificações caso os serviços sejam cumpridos ou não.

 

Dicas de Gerenciamento para setor imobiliário e infraestrutura:

– Elabore um contrato detalhado: É importante minuciar no contrato com o empreiteiro quais as atividades que serão realizadas a cada semana dentro da obra. Dessa forma, é possível gerenciar se os serviços estão sendo executados dentro do tempo previsto;

– Trabalhe com antecedência: Se aquele serviço tiver que ser entregue em agosto, por exemplo, planeje a sua entrega para junho. Trabalhando com essa margem de tempo, caso haja algum imprevisto com o empreiteiro, é possível corrigir o erro sem atrasar a entrega da obra;

– Prepare a logística da obra para auxiliar o trabalho da empreiteira: Chegar ao canteiro e não ter condições para o trabalho com certeza deve afetar o tempo de entrega do serviço contratado. Por isso, tenha cuidado ao fornecer um local limpo, com possibilidades de transporte horizontal e vertical aos empreiteiros, e também reveja os insumos necessários contratados ou à mão;

– Monitore o andamento da obra com o mesmo cuidado de quem a planejou: Feito pelo mestre de obras e pelo engenheiro responsável, o monitoramento da agenda semanal de obras de infraestrutura ou do setor imobiliário deve ser realizado semanalmente. A agenda precisa estar completa e conter as informações de todos os serviços divididos por semana e suas entregas;

– Não deixe todos os serviços com a mesma empreiteira: Caso seu fornecedor atrase em algum processo, você terá a garantia de que os outros serviços poderão caminhar. Dessa forma, é possível se organizar para repassar o serviço atrasado à outra empreiteira. Importante: Estipule na cláusula do contrato essa questão, deixando claro que, se a empreiteira não cumprir o prazo e oferecer a qualidade prevista, a construtora tem o direito de colocar outra equipe provisória na obra (para atender o prazo). Essa remuneração será descontada do contrato da própria empreiteira que não realizou a entrega.

 

Falando em lucro, o Sistema Matrix proporcionou 27% a mais de produtividade em bairro de São Paulo

Botão Site

 

 

Compartilhe esta matéria

Gerenciamento de BIM em todos os tipos de obras

Baixe o e-book grátis e descubra como implementar esse processo tecnológico na sua construtora!

Mapa da Obra - E-book
X