Votorantim Cimentos

Você busca conteúdos exclusivos sobre o mercado da construção civil?

Inscreva-se grátis e receba nossa newsletter.

Publicado em 18/07/2017Fornecedores de materiais de construção: 8 passos para identificar empresas confiáveis
Bons fornecedores oferecem produtos com o melhor preço, dentro do prazo e exatamente como foi pedido pelo cliente, além de reduzir custos e desenvolver produtos ainda melhores

Fornecedores de materiais de construção: 8 passos para identificar empresas confiáveis

Com tantas opções de fornecedores de materiais de construção, pode ficar difícil fazer a escolha certa. Confira como fazer isso da melhor maneira

Ainda que estejamos vivendo tempos de verdadeira revolução nos modelos de relacionamento comercial, o cenário de enormes dificuldades econômicas parece consolidar a importância das boas práticas e parcerias entre as empresas e seus fornecedores de materiais de construção.

Manter atualizado seu cadastro de fornecedores, incluindo analisar aqueles com os quais já negociou é imprescindível. Esta atualização não deve restringir-se às importantes planilhas de custos, mas deve também ampliar o rol de informações, para apoio à tomada de decisões.

É prudente pesquisar e analisar várias opções, preferencialmente por produto, preço e qualidade. Para manter-se atualizado e confirmar o acerto de suas escolhas, é preciso conhecer novas opções de parcerias. Uma importante estratégia para isso é frequentar feiras, exposições e outros eventos do setor da construção.

Bons fornecedores de materiais de construção oferecem produtos com o melhor preço, dentro do prazo e exatamente como foi pedido pelo cliente, além de reduzir custos e desenvolver produtos ainda melhores. A relação ideal cliente x fornecedor deve evoluir para um status de confiança recíproca, um modelo que vem sendo chamado de comakership.

8 passos para encontrar bons fornecedores de materiais de construção

  1. Atendimento – O primeiro ponto para estabelecer uma boa relação com grandes empresas é ter um bom atendimento de clientes, tanto da equipe de vendas como de toda a empresa;
  2. Conhecimento – É fundamental que o fornecedor conheça em profundidade o produto e saiba explicar tudo sobre ele. A apresentação deve ser bem preparada, sem gerar dúvidas. Ele tem que saber o que está oferecendo e as melhorias que o produto pode trazer;
  3. Capacidade competitiva – Entrar na concorrência para ser o fornecedor talvez seja a parte mais complicada. Para isso, a empresa deve sempre ir atrás dos melhores preços do mercado e com alto valor agregado;
  4. Capacitação dos funcionários – Para ter maior segurança no momento da escolha de um fornecedor de materiais de construção, é fundamental que os funcionários/vendedores sejam altamente capacitados. Muitas vezes, esse atendimento chega a ser feito por um engenheiro;
  5. Cronograma – Atraso nunca pode ser tolerado. Se um fornecedor não cumpre prazos, pense duas vezes ao continuar com a parceria;
  6. Corresponsabilidade – Fornecedores devem se sentir corresponsáveis pela cadeia produtiva, porque essas organizações são cada vez mais sensíveis às demandas de responsabilidade ambiental, social e econômica;
  7. Análise de riscos – Bons fornecedores fazem uma análise da gestão integrada de riscos para seus clientes, avaliando a probabilidade de riscos, tais como: não cumprimento das cláusulas contratuais por problemas relacionados à inadimplência financeira; riscos operacionais, legais e de fraudes; riscos ambientais e sociais;
  8. Qualidade garantida – O bom fornecedor deve ter garantidos os seus processos de qualidade (ISO 9000 – Gestão da Qualidade, ISO 9001 – Gestão da Qualidade – Exigências, ISO 18001 – OHSAS, ISO 14001 – Proteção ao Meio Ambiente).

 

Essas dicas foram essenciais para que a Votorantim apresentasse um case de sucesso.

 

Compartilhe esta matéria

Quer receber notícias e dicas sobre construção civil?

Inscreva-se grátis e
receba nossa newsletter.

X