Votorantim Cimentos

Você busca conteúdos exclusivos sobre o mercado da construção civil?

Inscreva-se grátis e receba nossa newsletter.

Publicado em 20/03/2018Confira algumas vantagens do pavimento rígido perante o pavimento flexível
Pavimento rígido possui maior durabilidade e alta resistência para as obras de infraestruturaCréditos: Shutterstock

Confira algumas vantagens do pavimento rígido perante o pavimento flexível

Mais durabilidade e menor necessidade de manutenção fazem do pavimento rígido uma excelente opção para as obras

No momento de executar uma obra de pavimentação, o projetista deve se atentar às necessidades que aquele projeto possui. De acordo com o Manual de Pavimentação do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), o pavimento rígido tem como características principais um revestimento com rigidez elevada comparada às suas camadas inferiores. Devido a isso, absorve quase todas as tensões provenientes do carregamento aplicado sobre o mesmo. Já o pavimento flexível, por sua vez, sofre deformações elásticas em todas as suas camadas quando o carregamento está sobre ele, fazendo com que a carga se distribua de forma quase equivalente entre as camadas.

Formado por cimento Portland, areia, água e agregado graúdo, a aplicação do pavimento rígido é feita a frio. “Existe toda uma adequação para a execução. É preciso estipular uma dosagem feita em laboratório. O pavimento asfáltico (flexível) já é aplicado a quente ou morno, exige também uma dosagem prévia feita em laboratório”, explica Rubens Vieira, pesquisador do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).

 

Vantagens do pavimento rígido

O melhor tipo de pavimento para a obra de sua via fica ao critério do projetista. É necessário realizar uma comparação detalhada e entender o que se adequa melhor a sua obra.

No caso do pavimento rígido, ele possui vantagem sobre o pavimento flexível quando aplicado em local em que se tenham cargas concentradas de velocidade baixa e cujos veículos se movimentam e manobram sobre o pavimento. “Nesse caso, por exemplo, o pavimento de cimento Portland seria mais indicado”, afirma o pesquisador do IPT.

Comparado ao pavimento flexível, as necessidades de manutenção e reparos são menores, pois resistem mais às ações do tempo. Também deve-se destacar que a vida útil do pavimento rígido é superior, sendo, no mínimo, de 20 anos. Além desses pontos, o pavimento rígido não sofre ataque de substâncias químicas, que poderiam deteriorá-lo.

 

Cuidados

A vida útil do pavimento rígido pode variar e se sobrepor aos 20 anos. Porém, para que mantenha seu padrão de qualidade, existem processos que devem ser seguidos. É preciso se atentar ao controle tecnológico de qualidade antes de começar sua obra. “Essas especificações de qualidade de material precisam estar dentro do projeto, dentro de um caderno chamado “especificação”. Dentro desse caderno estarão as indicações de como tem que ser o asfalto, o concreto, a pedra, como ela tem que ser dosada, a espessura, a aplicação, etc”, ressalta Vieira. É necessário seguir adequadamente as especificações e fazer o controle para que o material que esteja sendo utilizado atenda essas solicitações.

 

A Engemix, negócio de concreto da Votorantim Cimentos, fundada em 1968 e referência nacional em tecnologia de concreto, possui soluções para realizar o melhor pavimento rígido nas obras de vias. Conheça seus produtos: http://www.engemix.com.br/

 

O sistema Engemix oferece concreto dosado para grandes obras. Conheça as vantagens de utilizar o concreto dosado em central na sua obra.
Botão Site

 

Compartilhe esta matéria

Quer receber notícias e dicas sobre construção civil?

Inscreva-se grátis e
receba nossa newsletter.

X