Votorantim Cimentos
Mapa da Obra - E-book

Guia de ferramentas para profissionais da obra

Quero baixar!

Publicado por Carla Rocha em 16/09/2021Principais cuidados pessoais do profissional da obra
Cuidados pessoais parecem simples, mas se forem deixados de lado podem afetar diretamente a autoestima do profissional da obra.Créditos: Shutterstock

Principais cuidados pessoais do profissional da obra

Algumas práticas ajudam a manter a saúde física e mental do trabalhador

Autocuidado significa estar atento às suas necessidades pessoais e também cuidar da autoestima. Nisso, entra também os cuidados diários com a higiene pessoal, como tomar banho; aparar os pelos; cuidar da barba e do cabelo; manter as unhas limpas e cortá-las com regularidade, além de lavar as mãos várias vezes ao dia. Esse último se tornou indispensável em tempos de pandemia.


Profissionais da obra estão mais expostos ao sol e produtos químicos que podem irritar a  pele. Por isso, é indicado usar cremes hidratantes e também o uso do protetor solar em áreas que ficam diretamente expostas, além do uso de EPIs, que é essencial para o profissional da obra. Outro ponto de atenção é cuidar da alimentação, que precisa ser balanceada e saudável. Planejar a alimentação do dia a dia com antecedência e cuidar da marmita também é um cuidado pessoal e deve ser considerado.


Manter o corpo bem cuidado e hidratado é essencial para manter uma vida saudável, por isso, beber água na quantidade adequada todos os dias faz toda a diferença, pois protege e ajuda no bom funcionamento de órgãos, como o intestino e os rins, e além de regular a temperatura do corpo, também traz elasticidade para o cabelo e para a pele. O indicado por especialistas é beber aproximadamente dois litros de água diariamente.

Principais efeitos dos vícios para o profissional da obra

Outro ponto que pode prejudicar a saúde do profissional da obra é a utilização de substâncias tóxicas e drogas, como o cigarro e as bebidas alcoólicas, que podem causar dependências e doenças, além de prejudicar na hora de conseguir um trabalho. Por isso, é preciso estar atento a essas atividades e suas consequências:

Efeitos do cigarro

  • Problemas respiratórios;
  • Aumento do risco de câncer;
  • Perda do olfato e paladar;
  • Impotência e infertilidade.

Efeitos da bebida

  • Queda da imunidade;
  • Doenças mentais;
  • Aumento no risco de câncer;
  • Doenças no fígado;
  • Doenças do coração.

Além disso, o álcool também causa efeitos imediatos danos cerebrais e cognitivos. No dia a dia de uma obra, quando se lida com equipamentos e materiais pesados, estar sob o efeito de tal substância é um risco pessoal e também para os outros ao redor.  Na correria do dia a dia, é comum ignorar os sinais do próprio corpo, por isso, no caso de surgimento de qualquer sintoma é preciso buscar um médico, além de realizar exames de rotina regularmente. Pois muitas doenças, caso diagnosticadas no início, podem ser tratadas.

*Caso esteja passando por algum problema relacionado ao vício de álcool e drogas e seus efeitos, procure ajuda especializada.

BÔNUS: Gestão de obra e contratação de funcionários

A gestão de obras permite uma avaliação correta das etapas de execução, analisando prazos de entrega, tecnologias e equipamentos e produtividade, nisso, entra a função do gestor de obras que é responsável por manter todos os pontos pertinentes ao bom andamento da obra em equilíbrio. A gestão de obras é um tipo de serviço que tem como foco fazer com que sejam cumpridos os objetivos de custo, prazo e qualidade, evitando problemas quanto a atrasos e aumento de custos.


Caso o profissional da obra não esteja bem para executar as suas atividades, ele tem o direito da recusa do Artigo 483 da CLT, que afirma que caso o profissional esteja exposto  a situações de risco e sinta a necessidade de utilizar o direito de recusa, deve avisar ao superior, a fim de esclarecer os motivos e também registrar a situação por meio de relatório. A organização das finanças também é um ponto que pode causar muito estresse e preocupação, influenciando nas entregas no canteiro de obras. Caso isso ocorra ou esteja passando por problemas de difícil resolução, é preciso se organizar e também contar com o apoio de algum profissional especializado como o psicólogo.


Esses cuidados pessoais parecem simples, mas se forem deixados de lado podem afetar diretamente a autoestima do profissional da obra, bem como a saúde física e mental, além de dificultar na hora de conseguir um trabalho. Muitas empresas, atualmente, avaliam não apenas as capacidades físicas e experiência, mas também as capacidades socioemocionais e cuidados pessoais. Outro ponto que faz toda a diferença para se tornar mais competitivo durante uma entrevista de emprego é ter um currículo claro e objetivo. “Para isso, o primeiro passo é ter força de vontade e empenho do profissional tanto para investir em qualificação através de cursos on-lines e/ou presenciais”, ressalta Sergio Domingues, diretor técnico da Tarjab.

Quer saber como se preparar para uma entrevista de emprego? Confira:

Compartilhe esta matéria

Novidades das ferramentas para pedreiros

Quero conferir!

Mapa da Obra - E-book
X