Votorantim Cimentos
Mapa da Obra - E-book

Você busca conteúdos exclusivos sobre o mercado da construção civil?

Inscreva-se grátis e receba nossa newsletter.

Publicado por Carla Rocha em 01/05/2020Tipos de argamassa: como escolher a opção ideal para cada obra
É preciso conhecer os tipos variados de argamassa para saber qual a ideal para sua obra.Créditos: Shutterstock

Tipos de argamassa: como escolher a opção ideal para cada obra

Escolher corretamente garante resistência e durabilidade do empreendimento

Existem diferentes tipos de argamassa como, por exemplo, a argamassa comum que, normalmente, é produzida em obra a partir da mistura pré-definida de cimento, cal, areia e água. Há também a argamassa industrializada, que é misturada a seco em uma fábrica e ensacada, devendo ser apenas misturada com água na obra. Ao definir o investimento possível para a obra e o objetivo do uso da argamassa, é possível escolher também qual a opção ideal para o local.

A argamassa é composta por uma mistura de cimento, areia e, em muitos casos, também recebe alguns tipos de  aditivos químicos que possuem a capacidade de unir os materiais, impermeabilizar e nivelar superfícies, além de garantir regularidade, resistência e durabilidade ao empreendimento, o que, futuramente, diminui gastos com manutenção.

 

Tipos de argamassas e suas finalidades

As principais argamassas utilizadas atualmente no mercado da construção civil são as seguintes: argamassa colante, argamassa de grauteamento, argamassa de assentamento, argamassa de revestimento e argamassa para pisos. Confira os detalhes de cada tipo de argamassa e sua finalidade:

 

Argamassa para revestimento: sua finalidade é cobrir, nivelar e proteger as alvenarias de fechamento estrutural e também a parte inferior da laje.

Argamassa para pisos: pode ser utilizada em pisos, cerâmicas, ladrilhos e outros materiais utilizados no piso. 

Argamassa de grauteamento: a argamassa de grauteamento é aquela que recebe adição de superplastificante para deixar o graute superfluído e facilitar a trabalhabilidade do projeto.

Argamassa colante: a argamassa colante é composta por uma mistura de areia e cimento, mas recebe aditivos químicos que conferem alta aderência e maior capacidade de retenção de água. 

Argamassa de reboco: a argamassa do reboco geralmente possui mais areia do que a argamassa colante e é muito utilizada em azulejos. 

Argamassa de assentamento: esse tipo de argamassa é ideal para promover maior aderência entre os elementos de vedação ou estruturais como tijolos e blocos cerâmicos.

 

Qual é a melhor opção: a granel ou ensacada?

Geralmente, para grandes obras estruturais, a argamassa projetada é a mais indicada por ser considerada uma alternativa bem mais moderna e eficaz se comparada à argamassa chapada à mão. 

É importante analisar também o custo-benefício mais condizente com o projeto. Na opção de argamassa projetada, citada anteriormente, a compra a granel é a mais recomendada, por exemplo. Outra vantagem é que ela permite o controle maior da água de mistura, o que garante melhor trabalhabilidade e desempenho do produto.

Já a argamassa ensacada é mais adequada nos casos em que o substrato é transportado até o local da aplicação em carrinho e pode ser uma opção viável por não ocuparem tanto espaço nos canteiros de obra. No caso da argamassa ensacada, a proporção de água necessária é pré-indicada pelo fabricante.

Outro ponto a se destacar é que é fundamental ter em mãos um bom projeto com as características e especificidades da obra, para que seja possível analisar qual a melhor forma de adquirir a argamassa correta para a sua construção. 

 

 

Você conhece a Votomassa Piso Sobre Piso? Confira o produto inovador da Votorantim Cimentos: https://www.mapadaobra.com.br/produtos/argamassas-votomassa/votomassa-piso-sobre-piso/

 

 

Compartilhe esta matéria

Baixe o e-book e confira o portfólio da Votorantim Cimentos

Conheça os materiais!

Mapa da Obra - E-book
X