Votorantim Cimentos
Mapa da Obra - E-book

Baixe o e-book e receba a terceira edição da série Etapa de Obra

Saiba mais sobre instalações elétricas!

Publicado em 27/06/2019Cimento: entenda as diferenças das classificações
O cimento é um dos materiais mais utilizados pelo homem em todo o mundo, só perde para a águaCréditos: Shutterstock

Cimento: entenda as diferenças das classificações

Para selecionar corretamente o tipo de cimento para a obra é necessário saber a agressividade do meio ao qual estará exposta

O cimento é uma mistura formada por calcário, cálcio, silício, ferro, alumínio e outros artefatos, que foi patenteada por um construtor inglês chamado Joseph Aspdin, com o nome de cimento Portland e é hoje um dos materiais mais utilizados pelo homem em todo o mundo, só perdendo para a água. O material possui alta durabilidade, grande trabalhabilidade e resistência a cargas, além de ser um produto muito versátil. É possível utilizá-lo em diversas aplicações, tais como: argamassas, concretos, edificações, barragens, pavimentos de concreto, pavimentos intertravados, alvenaria com blocos de concreto, artefatos, saneamento e drenagem, além dos pré-fabricados que estão sendo muito difundidos atualmente.

 

Os principais tipos de cimento do mercado são os seguintes*:

 

 

*Fonte: ABCP

 

Aplicações dos tipos de cimento

De acordo com João Carlos Gabriel, professor de engenharia civil da Universidade Presbiteriana Mackenzie Campinas, para selecionar corretamente o tipo de cimento para a obra, é necessário saber a aplicação, agressividade do meio ao qual está exposto o cimento, volume das estruturas de concreto, a resistência (Fck) do concreto preparado com o cimento e, também, o preço.

A partir de julho de 2018, todos os tipos de cimento foram reunidos em uma única norma de especificação, a ABNT NBR 16697:2018 – Cimento Portland – Requisitos. A norma especifica cada tipo de cimento adequado às mais diversas aplicações: a análise de suas características e propriedades mostra que certos tipos são mais apropriados para determinadas situações.

Ainda, de acordo com João Carlos, o cimento mais utilizado atualmente é o cimento CP-II, de uso comum. “Os demais cimentos são utilizados em aplicações específicas na construção civil e de acordo com o meio no qual está localizada a estrutura de concreto e também a sua finalidade, como por exemplo, obras em meios com alta concentração de sulfatos e ambientes marinhos”, destaca.

 

Cuidados de armazenamento

De acordo com a norma ABNT NBR 16697:2018 não podem ser aceitos os cimentos entregues em sacos rasgados, contaminados, molhados ou avariados durante o transporte. Do mesmo modo, não podem ser aceitos cimentos transportados a granel ou em contêiner, quando houver sinais evidentes de contaminação.

O cimento armazenado por mais de 90 dias deve ser reensaiado, podendo ser rejeitado se não corresponder a todos os requisitos da norma. O prazo de validade é de 90 dias a partir da data de fabricação e é válido sempre que mantidas as condições de armazenamento citadas na norma. Ressalvando-se que durante o transporte, os sacos também devem ser protegidos contra os agentes intempéricos. As sacarias que apresentarem variação superior a 1% para mais ou para menos, da massa líquida declarada, devem ser rejeitados.

 

Se a massa média dos sacos, em qualquer lote, obtida pela pesagem de 30 unidades tomadas ao acaso, for menor que a massa líquida declarada, todo o lote deve ser rejeitado.

 

Entenda as classificações dos cimentos Votorantim Cimentos:

  • Todas as Obras: é o cimento com secagem rápida e alta resistência. Muito versátil, pode ser utilizado da fundação ao acabamento na obra. Ele é indicado para atender as normas: CP II E 32, CP II E 32 RS, CP II F 32, CP II Z 32, CP II Z 32 RS, CP III 40 RS, CP IV 32, de acordo com a disponibilidade de cada região;
  • Obras Estruturais: é o cimento premium da Votorantim Cimentos, que passa a ser oferecido ao varejo, com secagem 3 vezes mais rápida e 20% mais resistência. O Cimento Obras Estruturais é liberado para trânsito após 5 horas, enquanto o cimento Convencional ainda deixa marca de pegada. Ele atende as normas: CP II F 40 e CP III 40 RS (R), de acordo com a disponibilidade de cada região;
  • Obras Especiais (industrial): é o tipo de cimento com secagem ultrarrápida e que oferece máxima resistência. Indicado para atender as normas: CP I 40, CP V ARI, CP V ARI ULTRA, de acordo com a disponibilidade de cada região;
  • Obras Especiais (industrial – meios agressivos): é o cimento com secagem ultrarrápida e que oferece máxima resistência. Essa categoria pode atender à norma CP V ARI RS, de acordo com a disponibilidade de cada região.

 

Para conferir a nossa linha de cimentos ideais para cada tipo de aplicação, acesse: https://www.mapadaobra.com.br/produtos/cimentos-votoran/

 

 

Compartilhe esta matéria

Etapa de Obra - Instalações Elétricas

Confira quais materiais seu cliente precisa nessa etapa!

Mapa da Obra - E-book
X