Votorantim Cimentos
Mapa da Obra - E-book

Confira 4 plantas que não podem faltar no seu projeto!

Baixe o e-book e descubra que desenhos técnicos você precisa ter para iniciar a obra!

Publicado em 09/05/2019Tendências da construção civil em 2019: carreiras promissoras
O novo profissional de engenharia precisa estar preparado para se adaptar a um mercado cada vez mais moderno e tecnológicoCréditos: Shutterstock

Tendências da construção civil em 2019: carreiras promissoras

A projeção é de que, nos próximos anos, o setor da construção civil incorpore ao menos cinco novas profissões

 

O profissional de engenharia sempre foi muito valorizado em todo o mundo, seja por conta do tradicionalismo da profissão ou por ser responsável pela construção e estruturação das cidades onde moramos, passando por setores como transporte, saneamento básico, moradia, entre outros. Porém, mesmo com tanta valorização, o que se tem visto nos últimos anos é o déficit de engenheiros civis no País, talvez por conta da crise que o setor enfrentou nos últimos anos ou porque o mercado para o engenheiro também mudou. Atualmente, a maior preocupação do engenheiro é manter a sua estabilidade — ou seja, manter a sua atuação no mercado de trabalho — e para a construção civil, a necessidade de produtividade ainda é predominante. “Para aumentar a produtividade é preciso ter capacitação e qualificação da mão de obra, então é preciso estar ligado a novas tendências do mercado”, ressalta Haruo Ishikawa, vice-presidente de Capital, Trabalho e Responsabilidade Social do SindusCon-SP.

De acordo com dados divulgados pelo relatório “Focus”, lançado pelo Banco Central no começo do mês de março, a previsão de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) gira em torno de 2% em 2019 e essa retomada da confiança no setor impacta positivamente na economia no país. E como toda a cadeia da construção civil está em amplo desenvolvimento — e com grandes possibilidades de crescimento e de gerar novos empregos, principalmente da parte tecnológica —, o profissional da área também precisa se antecipar para poder se adaptar a essas novas tendências. Mesmo com o déficit de profissionais da área, o engenheiro civil continua sendo um profissional muito requisitado em todo o mundo, principalmente aqueles que possuem facilidade em se adaptar às novas tendências que chegam ao mercado.

Como em todos os outros setores, o novo profissional de engenharia precisa estar preparado para se adaptar a um mercado cada vez mais moderno e tecnológico, seja por meio de cursos de atualização ou eventos e, até mesmo, buscando informações em canais de comunicação voltados para o setor. Para que esse profissional possa se destacar é preciso muito mais do que estudo, é preciso conhecimento em novos materiais, novas tecnologias, sustentabilidade, novos métodos construtivos e construções inteligentes e eficientes, além de competências de gestão e negociação; entre outras habilidades como empatia, senso de comunidade e facilidade de adaptação.

Este ano, especialmente, a construção civil terá como um de seus focos principais as obras de infraestrutura. Dessa forma, engenheiros com tais especializações podem se destacar e receber mais oportunidades. “Na Engenharia Civil temos áreas de atuação, atividades e podemos fazer projetos, planejamentos, execuções e manutenções em estruturas, geotecnia, recursos hídricos e saneamento, transportes e construção civil. Para 2019 tivemos concessão de aeroportos e portos, o que aumenta a oportunidade; além de problemas com a manutenção de pontes e viadutos, e os sempre presentes problemas habitacionais”, explica Cássia de Assis, coordenadora do curso de Engenharia Civil do Instituto Mauá de Tecnologia.

Segundo dados divulgados pelo Semesp (Sindicado das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos do Ensino Superior), a projeção é de que nos próximos anos o setor da construção civil incorpore ao menos cinco novas profissões.

 

Conheça algumas tendências de carreiras promissoras da construção civil para os próximos anos:

 

 

Arquiteto e engenheiro 3D

Os ambientes 3-D serão uma realidade cada vez mais comum. Com isso, é esperado um número maior de profissionais da construção civil especializados para atender a essas futuras demandas do mercado.

 

Gestor de resíduos

O gestor de resíduos terá como principal desafio dar uma nova funcionalidade aos materiais descartados, evitando a agressão ao meio ambiente.

 

Condutor de drones

O uso de drones por diversos setores tem sido cada vez mais comum e a demanda por esses profissionais na construção civil — para captação de imagens onde o acesso é mais difícil — será cada vez maior e o mercado, mais promissor.

 

Fiscal de mudanças climáticas

O fiscal de mudanças climáticas tem como principal incumbência evitar ataques terroristas químicos na atmosfera e também conceder licenças para intervenções nos padrões climáticos.

 

Gestor de novos negócios em inteligência artificial

A função deste profissional é desenvolver projetos que viabilizem a melhoria e desenvolvimento da área de planejamento, de suprimentos e de segurança no canteiro, a fim de mitigar o risco de atrasos no cronograma.

 

Saiba mais sobre o gerenciamento de projetos na construção civil: https://www.mapadaobra.com.br/gestao/a-importancia-de-um-bom-gerenciamento-de-projetos-na-construcao-civil/

 

 

 

 

Compartilhe esta matéria

Descubra quais plantas precisam compor seu projeto

Planta baixa, executiva, de localização e cortes! Saiba mais no e-book!

Mapa da Obra - E-book
X