Votorantim Cimentos

Inscreva-se grátis e receba nossa newsletter.

Publicado em 17/12/2018Avaliação de terreno: conheça as normas existentes
Avaliação de terreno consiste em checar sua viabilidade para o projetoCréditos: Shutterstock

Avaliação de terreno: conheça as normas existentes

Norma ABNT 14653 determina as regras para avaliação de bens

Antes de qualquer venda, é preciso realizar a avaliação de terreno. Essa avaliação consiste em verificar as principais características daquele local para compreender se atendem à demanda do projeto que será desenvolvido ali. Muitas incorporadoras, por exemplo, deixam de comprar terrenos quando verificam que eles estão contaminados por algum agente químico, tendo em vista que a descontaminação pode ter um custo alto.

No entanto, a avaliação de terreno é fundamental para verificar também a viabilidade financeira do projeto. Ou seja, se aquele valor pago no terreno será devolvido por meio do empreendimento executado posteriormente e se a empresa terá lucro com isso. Essa premissa de custo x benefício é uma das que mais movimenta o mercado.

Avaliação de terreno

Para auxiliar nessa avaliação, A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) criou uma série de normas que envolvem a engenharia das avaliações. Com o título de Avaliação de Bens, a NBR 14653 foi dividida em 7 partes e fixa as diretrizes dos bens avaliados, trazendo as informações abaixo:

  1. a)    Classificação da sua natureza;
  2. b)    Instituição de terminologia, definições, símbolos e abreviaturas;
  3. c)    Descrição das atividades básicas;
  4. d)    Definição da metodologia básica;
  5. e)    Especificação das avaliações;
  6. f)     Requisitos básicos de laudos e pareceres técnicos de avaliação.

Compra de bem imóvel

O primeiro passo do engenheiro de avaliação é solicitar a documentação do bem que pode ser comprado e estudá-la. Após esse processo, é preciso que ele realize uma vistoria do imóvel para compreender suas características. O terceiro passo é a coleta de dados e avaliação dos aspectos quantitativos e qualitativos deste imóvel. Depois disso deve-se analisar a situação mercadológica e escolher a metodologia de avaliação que será utilizada.

Leia também: Indústria da construção permanece em queda

Checklist: principais tipos de avaliação de terreno

Método da comparação do preço: essa metodologia consiste na análise da movimentação do mercado de bens semelhantes no período em que foi realizada a avaliação;

Método do custo de reprodução: esse processo identifica e determina o custo para a reprodução de um bem;

Método da renda: esse tipo de método evidencia a receita que o imóvel é capaz de gerar. Geralmente, é utilizado quando se pretende alugar;

Método involutivo: determina a receita que o bem pode gerar também, mas apenas naquele momento e também expõe quanto esse bem pode valer quando chegar ao seu ápice de uso ou ao valor de mercado.

Normas ABNT:

ABNT NBR 14653-1:2001 Versão Corrigida 2:2005: Avaliação de bens – Parte 1: Procedimento gerais;

ABNT NBR 14653-2:2011: Avaliação de bens – Parte 2: Imóveis urbanos;

ABNT NBR 14653-3:2004: Avaliação de bens – Parte 3: Imóveis rurais;

ABNT NBR 14653-4:2002: Avaliação de bens – Parte 4: Empreendimentos;

ABNT NBR 14653-5:2006: Avaliação de bens – Parte 5: Máquinas, equipamentos, instalações e bens industriais em geral;

ABNT NBR 14653-6:2008 Versão Corrigida:2009: Avaliação de bens – Parte 6: Recursos naturais e ambientais;

ABNT NBR 14653-7:2009: Avaliação de bens – Parte 7: Bens de patrimônios históricos e artísticos.

 

Envidraçamento de sacada: regras no seu condomínio
Botão Site

 

Compartilhe esta matéria

Busca conteúdos exclusivos sobre o mercado da construção civil?

Inscreva-se grátis e
receba nossa newsletter.

X