Votorantim Cimentos

Você busca conteúdos exclusivos sobre o mercado da construção civil?

Inscreva-se grátis e receba nossa newsletter.

Publicado em 29/12/2017Uso do 13º salário é uma oportunidade de venda para sua casa de construção
Com a chegada do décimo terceiro salário, consumidores aproveitam para renovar a casa ou finalizar a obra.Créditos: Shutterstock

Uso do 13º salário é uma oportunidade de venda para sua casa de construção

O décimo terceiro salário não só dá uma força extra para quem pretende fazer reparos na casa, mas também ajuda no faturamento do comércio nesta época do ano

O final do ano chegou e com ele a expectativa do décimo terceiro salário, que começa a ser pago em novembro. Muita gente aproveita o benefício para quitar dívidas, comprar presentes, reformar a casa ou terminar a obra que estava parada – principalmente por conta das festas natalinas. Um bom momento para quem tem casa  de construção passar o mês no sinal verde.

Segundo Cláudio Conz, presidente da Anamaco, o 13º impacta as vendas de material de construção na medida em que a população brasileira destina este benefício para quitar as dívidas, conseguindo limpar o nome no mercado e conseguindo, então, a realização de novos empréstimos.

O dinheiro extra não é só bem-vindo para o consumidor, que deseja fazer melhorias na casa, como, também, é um bom momento para proprietários de casa de construção, que precisam estar atentos para que, nem as prateleiras e nem o estoque fiquem vazios ou com produtos demais. Para fisgar esse público inclinado a gastar e dar vazão às vendas, vale tudo que é capaz de aquecer o caixa: folhetos, jornais promocionais, carros de som, parcelamento facilitado e muitas ofertas.

“Com a vinda do 13º salário, o consumidor já tem todo um planejamento e um destino para ele, muitas vezes, para tirar aquele projeto que estava na gaveta e colocá-lo em prática”, detalha Conz. Portanto, final de ano é tempo cados lojistas terem um planejamento que impulsione as vendas de maneira lucrativa.

Oferta e demanda da sua casa de construção

É preciso ter cuidado com essas duas palavras. O final do ano para quem é do varejo exige atenção redobrada, afinal, uma demanda maior que a oferta pode resultar em perda de vendas, clientes e faturamento. Enquanto o oposto, muita oferta para pouca demanda, fará com que sua loja fique sobrecarregada de produtos encalhados nas prateleiras e no estoque, fazendo com que o prejuízo seja maior que o lucro.

Uma dica é: analise anos anteriores e faça um balanço de como foram as vendas de sua casa de construção no decorrer de 2016. Use a experiência no setor para ajustar as curvas em relação à oferta e procura.

Dicas para vender bem no fim do ano

  • As tintas são sempre itens que vendem bem no final do ano, já que conseguem dar novos ares para a casa sem grandes investimentos. Procure ter no estoque as cores com mais saída.
  • Uma alternativa para lucrar, é ter à disposição para venda luzes de natal. Elas são muito procuradas por quem deseja enfeitar árvores e jardins.
  • Revestimentos, argamassas e cimento também estão nos itens mais vendidos. Muita gente deixa para terminar a obra com o auxílio do décimo terceiro.
  • As pessoas procuram os melhores preços com entrega imediata, pois querem finalizar a reforma ou obra com certa urgência. Fique atento ao prazo de entrega dos seus fornecedores para não perder nenhuma venda.
  • Muita gente acaba fechando a compra em lojas que facilitam o pagamento ou oferecem descontos para compras feitas à vista. Faça promoções sazonais que despertem a atenção do cliente.
  • Deixe a sua loja atrativa, entre no clima das festas de fim de ano e conquiste o seu cliente também pelo ambiente em que ele faz as compras.
  • Disponibilize os produtos das prateleiras com preços fixados e mantenha o seu estoque sempre organizado, isso faz com que a venda seja feita de forma mais rápida e eficaz.

Lucro

Lucrou no final do ano? Então agora é hora de usar esse dinheiro para pagamento de despesas e investimentos para o próximo ano, como novos produtos, treinamentos, marketing, entre outros.

Um bom começo é investir em produtos que seus clientes precisam. Sua loja oferece os materiais necessários para pequenos reparos residenciais? Botão Site

 

Compartilhe esta matéria

Quer receber notícias e dicas sobre construção civil?

Inscreva-se grátis e
receba nossa newsletter.

X