Publicado em 27/05/2014Transformação com painel de concreto: de sex shop a atelier

Transformação com painel de concreto: de sex shop a atelier

Designers suecos transformam espaço aplicando painéis de concreto com textura impressa

À procura de um novo espaço para seu estúdio, dois designers suecos usaram o painel de concreto para mudar, de forma radical e criativa, o local onde antes funcionava um sex shop. Toki Drobnjakovic e Per Sundberg, do Studioverket, criaram a chamada Subterranean Concrete Orgy  (“Orgia de Concreto Subterrânea”), em Estocolmo – painéis inovadores, finos, produzidos com moldes em placas repletas de bolhas seladas de ar.

O painel de concreto reveste o espaço do escritório dos designers, o Studioverket. O material foi criado em parceria com a Butong, especializada em desenvolver novos tipos de concreto. Na produção, o concreto é prensado entre duas placas de bolhas seladas. Depois, é possível moldar os painéis por até aproximadamente uma hora – tempo total de cura do revestimento.

De porosidade diferente, o novo concreto proporciona às paredes um padrão de transparência superior ao de um painél de concreto convencional. A tecnologia funciona ainda como absorvente acústico. Com a inovação, também é possível produzir “paredes verdes”.

Fixadas por trás das finas camadas de concreto, plantas e raízes penetram os painéis. Além da beleza que conferem ao espaço, ervas podem ser utilizadas como temperos para alimentos, e na mistura de bebidas.

Bloco cerâmico ou de concreto? Conheça as características, vantagens e desvantagens de cada tipo de bloco. 

Botão Site

  • Encontrar soluções de design foi um dos desafios no Studioverket. A escada, por exemplo, foi pensada de modo a marcar a distinção entre ambiente externo e interno - Foto: Per Lundström
  • Com porosidade especial, concreto utilizado nas paredes do Studioverket funciona também como barreira acústica - Foto: Per Lundström
  • Escultura “sound wave” faz referência a uma onda sonora e ao estúdio musical que integra o Studioverket - Foto: Per Lundström
  • Uma das peculiaridades do Studioverket é a “parede verde” possibilitada pelas características peculiares do concreto utilizado - Foto: Per Lundström
  • Plantadas atrás de finas camadas de concreto, plantas e raízes penetram os painéis, embelezam o ambiente e podem ser usadas no tempero de bebidas e alimentos - Foto: Per Lundström
  • Criada por um produtor de cinema, escultura “girl in the wall” (garota na parede) faz referência ao antigo sex shop que funcionava onde hoje está o Studioverket - Foto: Per Lundström
  • Sob efeitos de iluminação especiais, parede coberta por painéis de concreto em forma de hexágono fica ainda mais interessante - Foto: Per Lundström
  • Os painéis de concreto únicos utilizados no Studioverket são feitos por meio de um processo em que o concreto é prensado entre duas camadas de bolhas de ar selado - Foto: Per Lundström
Compartilhe esta matéria

Veja também

X