Publicado em 30/09/2014Trabalho pesado em obras demanda qualidade do sono

Trabalho pesado em obras demanda qualidade do sono

Trabalho cansativo no canteiro exige sono de qualidade. Veja como dormir bem, sem remédios

Quando o trabalho no canteiro de obras é mais intenso, é muito importante ter uma boa noite de sono para repor as energias. Segundo a pesquisadora Claudia Moreno, da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP), a quantidade de horas dormidas é tão essencial quanto a própria qualidade do sono.

Isso significa que oito horas de cama são mais que suficiente, mesmo para quem trabalhou muito pesado durante o dia todo. Recentes pesquisas também têm revelado que muito esforço físico no trabalho noturno contribui para a baixa qualidade do sono. O estudo diz ainda que não dormir pode gerar episódios de comportamentos bizarros, e até alucinações.

Reversão dos efeitos
Remédios para dormir não são tratamento adequado para problemas relacionados à falta de sono de qualidade. Segundo estudos de Claudia Moreno, o relaxamento muscular, o controle de estímulos externos e a atividade física fazem bem, e sem efeitos colaterais.

Está comprovado que quem faz exercício físico dorme mais e melhor, pega no sono mais rápido, não acorda com qualquer barulho nem fica sonolento durante o trabalho. A prática de atividades também é associada à diminuição de distúrbios do sono (como a insônia), do uso de medicamentos e do consumo do álcool.

Se o exercício físico for muito rigoroso, no entanto, poderá até atrapalhar. É o que acontece com praticantes de musculação para ganho de força, corridas, aulas de ginástica com cama elástica ou subida de morros na bicicleta, que têm o hábito de treinar à noite. Já os exercícios de intensidade leve ou moderada provocam impacto positivo na qualidade do sono. São eles: caminhadas, bicicleta em terrenos planos, aulas de alongamento, musculação para resistência.

Para saber se uma atividade é intensa ou moderada, basta considerar que as intensas deixam a respiração ofegante, e os batimentos cardíacos bastante acelerados. As moderadas também provocam este efeito, mas sem exaustão física. Para melhorar a qualidade do sono, portanto, o melhor é não abrir mão do exercício físico moderado de uma hora de duração, por pelo menos duas vezes por mês.

Confira cálculo de metragem quadrada e custos de materiais para orçar serviços de pinturaBotão Site

Compartilhe esta matéria

Veja também

X