Publicado por Carla Rocha em 31/03/2021Tipos de lajes de concreto para obras
Os profissionais precisam passar por treinamentos internos dos procedimentos específicos de execução.Créditos: Shutterstock

Tipos de lajes de concreto para obras

No Brasil, as mais utilizadas são as lajes maciças em concreto armado

Você confere:

  • Lajes mais utilizadas no Brasil;
  • Tipos de lajes de concreto para cada obra;
  • Principais cuidados durante a execução;
  • Principais normas regulamentadoras.

As lajes que possuem concreto envolvido em sua execução podem ser: moldadas in loco maciças em concreto armado (CA), pré-moldadas, pré-fabricadas, em concreto protendido (CP), lajes nervuradas e as lajes Bubbledeck. No Brasil, as mais utilizadas são as lajes maciças em concreto armado (CA) e as lajes pré-fabricadas. As lajes nervuradas também são destaque, contudo, suas aplicações, normalmente, se dão e são viáveis economicamente em grandes vãos.

De acordo com a engenheira e professora da Universidade São Judas Tadeu (USJT), Larissa R. G. J. de OIiveira Flaifel, a variabilidade das tipologias de lajes em termos de execução vai depender do projeto estrutural executivo, o qual deve ser delineado por profissional tecnicamente habilitado acompanhado da respectiva ART. “As lajes de “grandes obras”, considerando no caso “grandes vãos”, mas não que obrigatoriamente uma característica leve à outra, podem ser nervuradas, protendidas e maciças. Normalmente, mas não exclusivamente, em lajes maciças de m² consideradas grandes, são previstas juntas de dilatação em projeto”, destaca.

Obras consideradas como de pequeno porte, normalmente, empregam-se as lajes pré-fabricadas, principalmente, àquelas denominadas pelo senso comum como “treliçadas”. Lajes maciças também são e podem ser empregadas em obras e “pequeno porte”, contudo, normalmente, seu custo torna-se mais elevado quando se compara, de forma geral, com as treliçadas. “Principalmente, pelo fator “formas”, as quais, quase não se tem as lajes treliçadas”, ressalta. Ainda de acordo com a docente, isso dependerá do projeto. “Normalmente, por exemplo, o uso de concreto não usinado em obras de grandes vãos e/ou quando na concretagem simultânea de vários locais, torna-se inviável em termos de logística executiva”, complementa.

Principais cuidados na execução de lajes de concreto

Com relação ao preparo, os profissionais precisam passar por treinamentos internos dos procedimentos específicos de execução da própria empresa, de modo a assegurar e a aferir a sua expertise técnica. “Não se podem excluir os treinamentos de segurança do trabalho, tendo em vista, os riscos envolvidos nesta fase executiva. Os cuidados das lajes variam conforme as tipologias de execução, pois, cada qual tem suas especificidades”, orienta. Porém, como recomendação geral sempre se deve atenção à(o):

·         Controle e acompanhamento da resistência característica à compressão do concreto (fck);

·         Controle e acompanhamento do slump test do concreto;

·         Controle e acompanhamento do tempo do concreto (quando usinado) de saída da usina até o final da concretagem: máximo 2h 30 min;

·         Acompanhamento e controle de outros materiais envolvidos como o aço: acompanhamento de recebimento em obra e dos ensaios à tração e todos os demais de responsabilidade do fabricante;

·         Projetos estruturais envolvidos e detalhes executivos;

·         Projetos de formas, escoramento e cimbramento, pois, cada qual tem sua especificidade mediante a obra e também mediante a tipologia de laje e do conjunto estrutural em questão;

·         Controle de cura úmida do concreto (quando aplicável).

Outro ponto relevante a ser destacado é a importância da escolha de um concreto de qualidade para a fase de concretagem da laje, pois essa etapa é determinante para a entrega final. Ou seja, é preciso realizar uma concretagem de maneira adequada para evitar fissuras, trincas e até mesmo que aquela obra não apresente os requisitos de vida útil previstos. No entanto, antes de iniciar o processo de concretagem das lajes – que são elementos estruturais – é preciso prever em projeto como deve ser esse concreto de acordo com as orientações da norma NBR 6118 – Estruturas de Concreto Armado – Procedimento, que fornece uma base para a execução da concretagem.

Confira abaixo algumas normas correlacionadas direta ou indiretamente:

ABNT NBR 6119 – Cálculo e execução de lajes mistas

ABNT NBR 6118 – Projeto de estruturas de concreto — Procedimento

ABNT NBR 14931 – Execução de estruturas de concreto – Procedimento

ABNT NBR 12655 – Concreto de cimento Portland – Preparo, controle, recebimento e aceitação – Procedimento

ABN NBR 15575 – Desempenho de Edificações Habitacionais

ABNT NBR 9062 – Projeto e execução de estruturas de concreto pré-moldado

As bombas de concreto são fundamentais para a concretagem de uma laje. Saiba mais sobre elas: https://www.mapadaobra.com.br/capacitacao/tipos-de-bomba-de-concreto/

Compartilhe esta matéria

Veja também

X