Publicado em 07/10/2014Projeto de Zaha Hadid homenageia modernismo e o concreto

Projeto de Zaha Hadid homenageia modernismo e o concreto

Arquiteta propôs design do Instituto para Políticas Públicas e Relações Internacionais Issam Fares

O Instituto para Políticas Públicas e Relações Internacionais Issam Fares (IFI) é um dos prédios que compõem a Universidade Americana de Beirute (AUB), no Líbano. Dentro de um plano de desenvolvimento para o campus que vem sendo implementado desde 2002, coube à arquiteta Zaha Hadid propor o design para o edifício, que empregou mais de 4.200 m3 de concreto.

Com área construída total de três mil metros quadrados, distribuídos em seis pavimentos, o edifício tem altura máxima de 22 m e vigas que atingem até 21 m de comprimento. A fachada, sozinha, representa uma superfície de seis mil metros quadrados em painéis de concreto moldados em loco, a partir de fôrmas especialmente desenvolvidas para executar o projeto. O plano para o campus da AUB traz uma combinação de prédios desenhados especialmente para a construção em concreto, que retomam tradição modernista do século XX, em variedade de estilos, acabamentos e significações.

Apesar de sua estrutura robusta, a ideia do desenho era minimizar a “pegada” do volume arquitetônico sobre o terreno, fazendo com que grande parte de suas instalações “flutuassem” em relação à superfície, suspensas sobre uma base reduzida de apoio sobre o solo. Assim, apresenta uma queda de sete metros na elevação, entre seus limites norte e sul.

Zaha e o livre acesso

Enquanto centro imparcial e dinâmico de debate entre diferentes pontos de vista, e produção de conhecimentos e pesquisa sociocientífica de alta qualidade, o IFI caracteriza-se por suas rotas de circulação e conexões entre a unidade e o próprio campus. A ideia de Zaha era oferecer livre acesso à sociedade civil, para que participe dos debates e colabore na construção de um novo discurso sobre o mundo árabe, políticas públicas e relações internacionais – além de outros assuntos como mudança climática, justiça social e desenvolvimento, urbanismo, saúde e alimentação.

Todos os caminhos convergem para uma entrada principal através de um jardim, em átrio de pé direito duplo, numa grande recepção. Do lado de fora, árvores centenárias permanecem intocadas, e agora fazem parte de um novo contexto universitário.

Uma rampa conduz por entre as árvores para conectar diretamente os halls de pesquisa com o campus, enquanto as salas de seminários e escritórios no primeiro andar são acessados no sentido leste-oeste, a partir do pátio aberto. Já as salas de leitura, conferências, workshops e outros espaços de pesquisa “flutuam” sobre esse mesmo pátio.

No nível mais baixo do terreno está uma entrada norte, para auditório, com capacidade para 100 pessoas – o que permite que o prédio receba encontros e conferências, sem que seus convidados transitem pelas dependências do edifício. Divisórias internas, quando não são em concreto armado estrutural, levam vidro colorido, elemento que faz a comunicação visual de todo o prédio.

Banco aumentou fatia financiável de imóveis novos e usados, e vai liberar R$ 2,4 bi para construção de imóveis de R$ 500 mil.

Botão Site

  • Num terreno de sete mil metros quadrados, o Instituto para Políticas Públicas e Relações Internacionais Issam Fares (IFI), na Universidade Americana de Beirute (AUB, da sigla em inglês), Líbano, tem quatro mil metros quadrados de área externa repletos de árvores centenárias nativas – que passam, agora, a integrar o design da arquiteta Zaha Hadid. O programa de uso do edifício conta com salas administrativas e de pesquisa, espaços para seminários e workshops, auditório com capacidade para 100 pessoas, sala de leitura, hall de recreação e terraço de cobertura - Foto: Zaha Hadid Architects/Divulgação
  • Com área total construída de três mil metros quadrados, distribuídos em seis pavimentos, o edifício tem altura máxima de 22 m e vigas que atingem até 21 m de comprimento. Sua construção empregou 4.200 m3 de concreto moldado em loco. A fachada, sozinha, representa uma superfície de seis mil metros quadrados em painéis de concreto moldados em loco, a partir de fôrmas especialmente desenvolvidas para executar o desenho arquitetônico de Zaha Hadid. O plano para o campus da Universidade Americana de Beirute (AUB) combina prédios desenhados para construção em concreto, que pretendem retomar tradição modernista do século XX em variedade de estilos, acabamentos e significações - Foto: Zaha Hadid Architects/Divulgação
  • Num terreno de sete mil metros quadrados, o Instituto para Políticas Públicas e Relações Internacionais Issam Fares (IFI), na Universidade Americana de Beirute (AUB, da sigla em inglês), Líbano, tem quatro mil metros quadrados de área externa repletos de árvores centenárias nativas – que passam, agora, a integrar o design da arquiteta Zaha Hadid. O programa de uso do edifício conta com salas administrativas e de pesquisa, espaços para seminários e workshops, auditório com capacidade para 100 pessoas, sala de leitura, hall de recreação e terraço de cobertura - Foto: Zaha Hadid Architects/Divulgação
  • Janelas são posicionadas estrategicamente para buscar a luz natural – criando um jogo de aberturas (cheio-vazio) que repete alguns padrões de fôrma para fachada, desenvolvidos especialmente para a execução, em loco, dos painéis de concreto que a compõem. Com arquitetura de Zaha Hadid, o Instituto para Políticas Públicas e Relações Internacionais Issam Fares (IFI) da Universidade Americana de Beirute (AUB, da sigla em inglês) fica no Líbano - Foto: Zaha Hadid Architects/Divulgação
  • Janelas são posicionadas estrategicamente para buscar a luz natural – criando um jogo de aberturas (cheio-vazio) que repete alguns padrões de fôrma para fachada, desenvolvidos especialmente para a execução, em loco, dos painéis de concreto que a compõem. Com arquitetura de Zaha Hadid, o Instituto para Políticas Públicas e Relações Internacionais Issam Fares (IFI) da Universidade Americana de Beirute (AUB, da sigla em inglês) fica no Líbano - Foto: Zaha Hadid Architects/Divulgação
  • A arquitetura de Zaha Hadid propõe um conjunto interligado de caminhos, passarelas e corredores que se estendem ao campus. O Instituto para Políticas Públicas e Relações Internacionais Issam Fares (IFI) da Universidade Americana de Beirute (AUB, da sigla em inglês), no Líbano, encontra sua forma em geometria composta por essas rotas entrecruzadas, plataformas e espaços internos e externos de pesquisa, consultas e debates - Foto: Zaha Hadid Architects/Divulgação
  • A arquitetura de Zaha Hadid propõe um conjunto interligado de caminhos, passarelas e corredores que se estendem ao campus. O Instituto para Políticas Públicas e Relações Internacionais Issam Fares (IFI) da Universidade Americana de Beirute (AUB, da sigla em inglês), no Líbano, encontra sua forma em geometria composta por essas rotas entrecruzadas, plataformas e espaços internos e externos de pesquisa, consultas e debates - Foto: Zaha Hadid Architects/Divulgação
  • A arquitetura do Instituto para Políticas Públicas e Relações Internacionais Issam Fares (IFI), na Universidade Americana de Beirute (AUB, da sigla em inglês), Líbano, é assinada pela premiada Zaha Hadid: “O desenho estabelece o edifício como se fosse um grande cruzamento de via pública; propomos uma intersecção espacial tridimensional para encontro, conexão, troca de ideias e engajamento de estudantes universitários, pesquisadores, visitantes e comunidade, a fim de pensarem o futuro e construírem nova visão acerca do mundo árabe, através de um debate amplo e democrático” - Foto: Zaha Hadid Architects/Divulgação
  • Foram usados 800 kg de aço (armação) para compor elementos estruturais de concreto armado. A engenharia fez uso de vasta mão de obra disponível qualificada para trabalhar com o concreto moldado em loco. O resultado artesanal atenta ao delicado design e acabamento das janelas – também proporcionado pelo concreto moldado. O Instituto para Políticas Públicas e Relações Internacionais Issam Fares (IFI), na Universidade Americana de Beirute (AUB, da sigla em inglês), Líbano, tem arquitetura de Zaha Hadid e 800 m2 de área de fachada envidraçada - Foto: Zaha Hadid Architects/Divulgação
  • Foram usados 800 kg de aço (armação) para compor elementos estruturais de concreto armado. A engenharia fez uso de vasta mão de obra disponível qualificada para trabalhar com o concreto moldado em loco. O resultado artesanal atenta ao delicado design e acabamento das janelas – também proporcionado pelo concreto moldado. O Instituto para Políticas Públicas e Relações Internacionais Issam Fares (IFI), na Universidade Americana de Beirute (AUB, da sigla em inglês), Líbano, tem arquitetura de Zaha Hadid e 800 m2 de área de fachada envidraçada - Foto: Zaha Hadid Architects/Divulgação
  • Terraço-cobertura do Instituto para Políticas Públicas e Relações Internacionais Issam Fares (IFI), na Universidade Americana de Beirute (AUB, da sigla em inglês), Líbano. Arquitetura de Zaha Hadid - Foto: Zaha Hadid Architects/Divulgação
  • Terraço-cobertura do Instituto para Políticas Públicas e Relações Internacionais Issam Fares (IFI), na Universidade Americana de Beirute (AUB, da sigla em inglês), Líbano. Arquitetura de Zaha Hadid - Foto: Zaha Hadid Architects/Divulgação
  • Sala de estudos do Instituto para Políticas Públicas e Relações Internacionais Issam Fares (IFI), na Universidade Americana de Beirute (AUB, da sigla em inglês), Líbano. Arquitetura de Zaha Hadid - Foto: Zaha Hadid Architects/Divulgação
  • Corredores internos também expõem elementos estruturais e acabamentos em concreto moldado, além de claraboias que intensificam a iluminação natural; o Instituto para Políticas Públicas e Relações Internacionais Issam Fares (IFI) da Universidade Americana de Beirute (AUB, da sigla em inglês) fica no Líbano. Arquitetura de Zaha Hadid - Foto: Zaha Hadid Architects/Divulgação
  • Auditório para 100 pessoas do Instituto para Políticas Públicas e Relações Internacionais Issam Fares (IFI), na Universidade Americana de Beirute (AUB, da sigla em inglês), Líbano. Arquitetura de Zaha Hadid - Foto: Zaha Hadid Architects/Divulgação
Compartilhe esta matéria

Veja também

X