Publicado em 08/01/2014Prática e melhor

Prática e melhor

Argamassa industrializada facilita o trabalho no canteiro de obras e garante qualidade de execução

A argamassa de qualidade ajuda na execução do trabalho: mexida com a colher de pedreiro, não adere à ferramenta ao ser lançada, preenche todas as reentrâncias da superfície e não endurece rápido, depois de aplicada. Essas são algumas das vantagens oferecidas pela argamassa industrializada, ao contrário daquela “virada em obra”.
A argamassa pronta traz o traço correto (a proporção ideal dos componentes à mistura) e, para usar, basta colocar a quantidade certa de água, para a porção de produto indicada na embalagem. Misturas industrializadas Votomassa seguem padrões de qualidade de produção e podem ser encontradas para cada tipo específico de aplicação.  Para assentar revestimentos cerâmicos, o uso de argamassa pronta é indispensável, pois não permite o deslocamento das peças por falhas na preparação.
Já a massa virada em obra tem outras desvantagens: “É difícil dosar a quantidade certa dos componentes – a cada novo preparo, se chegará a um traço diferente. No assentamento de porcelanatos e pastilhas, que pedem argamassas colantes, não é possível acrescentar aditivos especiais, presentes apenas nas industrializadas”, compara Sandra Regina Gregório, gerente de Marketing da marca Votomassa, da Votorantim Cimentos. É melhor evitar riscos de pagar caro num revestimento nobre, e perder peças pela má qualidade da mistura virada em obra. Conheça a linha de produtos para assentamento da Votomassa .

Compartilhe esta matéria

Veja também

X