Votorantim Cimentos

Inscreva-se grátis e receba nossa newsletter.

Publicado em 17/01/2019Piso em volta da piscina: qual indicar para seu cliente?
Um detalhe fundamental a ser observado é a necessidade de contratação de um profissional capacitadoCréditos: Shutterstock

Piso em volta da piscina: qual indicar para seu cliente?

É preciso pensar não só em estética, mas também em conforto e segurança das pessoas que frequentam o ambiente.

Por se tratar de área externa e úmida a escolha do piso em volta da piscina precisa levar em consideração pontos fundamentais tais como durabilidade, resistência, custo benefício e conforto. Na hora de realizar uma obra e escolher o melhor piso para ser aplicado, é preciso pensar não só em estética, mas também em conforto e segurança das pessoas que frequentam o ambiente: ele deve ser antiderrapante e atérmico. Confira abaixo alguns tipos de piso que e veja qual é a melhor opção a ser indicada para o seu cliente:

Pedra

As pedras naturais como granito ou mármore conferem um ar clean, moderno e sofisticado ao ambiente. Possuem algumas vantagens como resistência e durabilidade, além de serem atérmicos, evitam o acúmulo de calor. Porém, é necessário que passem por tratamento especial para se tornar antiderrapante (granito)

Fulget

O modelo fulget é um dos mais indicados para o piso em volta da piscina, pois mantém o relevo dos pedriscos mantendo assim a característica antiderrapante. Também conhecido como granilite é um tipo de revestimento com base de concreto e agregados que possui alta resistência a água e abrasão.  

Cerâmica e porcelanatos

Ambos possuem características bem similares e ainda estão entre os preferidos na decoração do entorno da piscina por serem altamente resistentes, além de ser uma ótima alternativa para quem deseja dar um aspecto amadeirado sem precisar recorrer à madeira de verdade. Entretanto, o porcelanato costuma ter um custo maior se comparado à cerâmica.

Madeira

Também conhecido como deck de madeira, esse tipo de piso é ideal para quem deseja criar um ambiente sofisticado e rústico ao mesmo tempo, porém precisa de cuidados especiais na escolha, pois o piso de madeira para piscina costuma sofrer degradação com o calor, ou seja, ele não é atérmico. Os mais indicados são o ipê e cumaru por serem mais duráveis e resistentes.

Um detalhe fundamental a ser observado é a necessidade de contratação de um profissional capacitado e experiente para a aplicação de cada tipo de piso escolhido a ser instalado em sua obra ou reforma, evitando assim problemas futuros e gastos desnecessários com manutenção.

 

Especificação de argamassa para piscinas evita problemas como infiltrações, desplacamento e danos estruturais. Saiba mais: https://www.mapadaobra.com.br/capacitacao/argamassa-para-piscinas-aplicacao-de-revestimento-ceramico-requer-argamassa-colante-ac-iii/ 

 

 

Compartilhe esta matéria

Busca conteúdos exclusivos sobre o mercado da construção civil?

Inscreva-se grátis e
receba nossa newsletter.

X