Publicado em 03/09/2013Paredes de bloco de concreto fazem vezes de estrutura
Créditos: Foto: Divulgação/ABCP

Paredes de bloco de concreto fazem vezes de estrutura

Sem pilares e vigas, paredes de bloco de concreto dão apoio às cargas da edificação

Na alvenaria estrutural, além das clássicas funções de isolante térmico e acústico, resistência a impactos, proteção contra ventos e chuvas e suporte para os mais diversos revestimentos, paredes também fazem o papel de estrutura da edificação. O sistema dispensa o uso de pilares e vigas de concreto armado, e são as próprias paredes de bloco de concreto que, além de dividirem os espaços, sustentam cargas da construção.

“Para que a alvenaria tenha desempenho estrutural, é muito importante que materiais sejam especificados corretamente em projeto e a execução, feita à risca”, avalia o engenheiro Michelli Silvestre, da área de Edificações da Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP).

Confira algumas dicas do engenheiro para a execução:

– Antes de começar, verifique o esquadro entre as paredes a executar. O alinhamento parte da relação entre os lados de um triângulo retângulo (um dos ângulos é de 90°), nas proporções 3: 4: 5. A cada 10 metros, considere uma tolerância de ± 5 milímetros no esquadro.

– Nivele escantilhões (equipamentos sobre tripé, fixados nos cantos da área a construir), para manter paredes alinhadas e encontrar o nível exato de cada fiada.

– Amarre linhas nos escantilhões com auxílio do esticador; esse procedimento marca o nível das fiadas.

– Prepare os blocos para fixação das caixas elétricas, conforme projeto. Use a serra-copo se possível.

– Umedeça a superfície do pavimento na direção da parede, antes de assentar os blocos da primeira fiada.

– Aplique argamassa sobre o lado inferior externo do bloco, com a colher de pedreiro, fazendo uma abertura (sulco) para facilitar o assentamento.

– Assente os blocos utilizando as linhas como referência.

– Utilize sempre a régua-prumo-nível para verificar alinhamento e prumo da alvenaria.

– Preencha as juntas verticais com auxilio da bisnaga de argamassa. No caso de alvenaria aparente, tome cuidado para não sujar o bloco. Faça a limpeza imediatamente após a execução do frisamento das juntas, para não danificá-las.

– Antes do grauteamento vertical, limpe o interior dos furos dos blocos, retirando o excesso de massa de assentamento a cada seis fiadas.

– Antes do lançamento do graute, molhe os vazados que serão grauteados. A altura máxima de lançamento do graute deve ser de 1,6 m.

– Paredes recém levantadas, ou com a fiada de respaldo exposta ao tempo, devem ser protegidas da chuva ao final do dia de serviço, para evitar a remoção da argamassa das juntas. Paredes de bloco de concreto ainda não travadas também devem ser escoradas pelas laterais.

Bloco cerâmico ou de concreto? Conheça as características, vantagens e desvantagens de cada tipo  

Botão Site

Compartilhe esta matéria

Veja também

X