Publicado por Carla Rocha em 12/05/2020Pandemia: 5 dicas para enfrentar a crise nas lojas de materiais
Planejamento e gestão são imprescindíveis para superar a crise da Covid-19.Créditos: Shutterstock

Pandemia: 5 dicas para enfrentar a crise nas lojas de materiais

É preciso manter a racionalidade para tomar boas decisões

 

A pandemia da Covid-19 afetou as vendas do varejo e trouxe uma crise para vários setores, especialmente, para o segmento de material de construção em um primeiro momento, com o fechamento das lojas de materiais de construção. Esse fechamento que durou apenas uma semana foi forte o bastante para trazer vários alertas para os lojistas de materiais de construção e mostrar que é necessário fazer um planejamento de suas ações a fim de evitar que a crise traga prejuízos que não possam ser recuperados.

Mesmo voltando às atividades, após o decreto que estipula que as lojas de materiais de construção podem estar abertas por serem consideradas comércio essencial para a população, os lojistas de materiais de construção já percebem uma queda considerável nas vendas. Isso porque, o varejo de materiais voltou à normalidade, mas a confiança do público em época de quarentena e isolamento social está reduzida, o que diminui o avanço das obras, como reformas, e a própria necessidade de insumos para elas.

De acordo com Eduardo Terra, presidente da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo, o principal efeito sofrido pelo pequeno lojista de materiais de construção foi na equipe de loja, porque hoje há um cuidado e uma dificuldade de trabalhar os times por causa da exposição. Então, há a preocupação com o transporte dessas equipes e o contato com os clientes, por conta da própria contaminação pela Covid-19. “Além disso, existe também a preocupação com os equipamentos de proteção individual que não estão tão fáceis de encontrar. Outra preocupação é o fluxo de caixa, já que o acesso ao crédito não está tão fácil de conseguir”, salienta.

Essas preocupações têm tirado o sono dos empresários, pois é preciso manter minimamente um volume de vendas, tendo a equipe de vendas e o caixa. Logo, separamos algumas dicas para que o lojista de material de construção consiga enfrentar esse momento de crise.

5 dicas para enfrentar a crise nas lojas de materiais:

  1. Mantenha contratos

A primeira dica traz uma das maiores dores do lojista: como cuidar do caixa? É preciso ter o máximo de cuidado e negociar tudo o que for possível em termos de contratos e pagamentos para não deixar de pagar as pessoas. Buscar apoio dos bancos e entidades parceiras bem como usar todas as medidas anunciadas pelo governo é essencial para o momento. Também, se possível, vale considerar um auxilio de um contador para orientar  nesse processo.

  1. Crie um protocolo

Já com relação aos funcionários, deve-se criar um protocolo para que não se crie aglomeração na loja; turnos para que a equipe evite o horário de pico; levar orientações para que pratiquem a higiene e o distanciamento mínimo; e, por último, reforçar o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Outro ponto é oferecer férias para o afastamento do grupo de risco do quadro de funcionários.

 

  1. Promova canais online

Outro ponto é acelerar os canais que não são os físicos e isso não quer dizer montar um e-commerce da noite para o dia, mas transformar a equipe de loja em agentes de vendas virtual, orientá-los para que eles acionem o cliente através do WhatsApp ou redes sociais e, assim, promover as vendas online.

 

  1. Resolva problemas

Essa é uma ótima oportunidade para resolver problemas e colocar em prática aqueles projetos que demandam tempo e dedicação e que na rotina da loja não são possíveis de fazer. Levantamentos, organização, fazer um cadastro de clientes e orientar os funcionários que estão afastados para auxiliar nestes pontos.

 

  1. Foco em treinamento

O treinamento é uma ótima oportunidade para garantir produtividade para aqueles profissionais que não poderão trabalhar e estão no grupo de risco. Além deles, se o movimento da loja caiu, pode-se preencher o tempo de trabalho dos funcionários presentes com a realização de cursos online. Existem muitas opções gratuitas que podem favorecer a capacitação do funcionário.

 

Bônus: como melhorar a percepção dos empresários?

Para os lojistas de materiais de construção, responsáveis pela renda de diversas famílias além da sua, a dica é ter racionalidade neste momento de pandemia. A preocupação com os negócios não pode trazer uma instabilidade emocional que, brevemente, pode se tornar uma doença. A crise, inevitavelmente, mexe com as emocionais e pode gerar um desespero. “Nós, como empresários e lojistas, precisamos manter a racionalidade para tomar boas decisões. Isso vai passar e teremos um grande aprendizado e um legado positivo. O importante é se ter em mente que deve-se olhar pra frente e não para as coisas ruins”, finaliza Eduardo Terra.

Aproveite para se inscrever gratuitamente na próxima live MDO sobre Transformação Digital no Varejo:
http://conteudo.mapadaobra.com.br/mdo-live-02

 

 

Compartilhe esta matéria

Veja também

X