Votorantim Cimentos

Você busca conteúdos exclusivos sobre o mercado da construção civil?

Inscreva-se grátis e receba nossa newsletter.

Publicado em 28/10/2017Pintura de parede: como conseguir um bom resultado
A secagem das tintas é cada vez mais rápida e muitas delas têm o odor reduzido.

Pintura de parede: como conseguir um bom resultado

Com a chegada do fim do ano, quem pensa em usar o 13° salário para renovar a pintura da casa ou apartamento precisa planejar a obra

Primeiramente, é importante decidir se a família fica ou não dentro do imóvel, enquanto acontece a reforma. “Os moradores devem analisar a dinâmica da própria casa e considerar o tempo de secagem da tinta, os serviços que serão realizados. Se vai ser apenas uma pintura em parede, ou se haverá preparação de áreas com argamassas, para corrigir desníveis e imperfeições.

Também devem considerar o tempo disponível para concluir a obra”, avalia a arquiteta Érica Salguero, do escritório Érica Salguero Arquitetura e Decoração.

Outra preocupação são as reações alérgicas. Na opinião de Gisele Bonfim, gerente técnica e de assuntos ambientais da Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas (Abrafati), “a secagem das tintas é cada vez mais rápida e muitas delas têm o odor reduzido. Deixando o ambiente bem ventilado, a tendência é que em pouco tempo não gere nenhum incômodo”.

No caso da presença de crianças, Gisele concorda que a solução poderá ser outra. “Elas costumam ser mais sensíveis aos odores e também são mais irrequietas, podendo mexer nos locais recém-pintados, o que prejudica a qualidade final da pintura. Por isso, o ideal é executar o serviço quando não estiverem em casa”, afirma.

Hora de começar a pintura em parede 

Também faz parte deste planejamento decidir em que ordem a reforma será feita. A pintura em parede deve começar pelas áreas externas, passando depois para os ambientes internos, onde é recomendado seguir esta ordem:

  • Paredes;
  • Portas e janelas;
  • Rodapés.

“Pintar dois cômodos por vez otimiza o tempo; é mais racional. Enquanto seca a primeira demão do primeiro quarto, o segundo começa a ser feito”, aconselha Gisele Bonfim.

Porém, é necessário verificar alguns pontos antes de começar:

  • Certifique-se de que as paredes da área a ser pintada estejam livres de objetos, removendo prateleiras, lustres e quadros;
  • Desloque os móveis menores para outros cômodos, a fim de evitar danos;
  • Não havendo para onde empurrar, nem como transportar, coloque a mobília no centro do cômodo e proteja com plástico bolha ou papelão e fita.
  • Retire ou proteja com fita crepe os interruptores de luz e tomadas;
  • Cubra o piso e rodapé com papelão, papel jornal ou plástico;
  • Certifique-se de que tem os materiais necessários.

Outra alternativa que agiliza o tempo de obra, com maior garantia de que nada será danificado, é contratar um depósito para deixar móveis e outros pertences.  

Demora para acabar?

Difícil de calcular, o tempo exato de obra depende da metragem quadrada da residência, do volume de serviços a serem executados e do número de pessoas disponíveis para pôr a mão na massa.

“Se o serviço for só a pintura em parede, pode terminar em apenas dez dias em um apartamento de até 60 m², e em até três semanas, se o imóvel tem até 150 m²”, pondera Érica Salguero.

Confira também a técnica de pintura com cal (ou caiação), rápida e econômica.Botão Site

 

Compartilhe esta matéria

Quer receber notícias e dicas sobre construção civil?

Inscreva-se grátis e
receba nossa newsletter.

X