Votorantim Cimentos

Você busca conteúdos exclusivos sobre o mercado da construção civil?

Inscreva-se grátis e receba nossa newsletter.

Publicado em 23/12/2017Qual a melhor maneira de comprar e armazenar argamassas?
Avaliar a dimensão do projeto é importante para decidir qual forma de utilizar a argamassa é mais viável.Créditos: Shutterstock

Qual a melhor maneira de comprar e armazenar argamassas?

Um planejamento com as características e especificidades da obra garante a melhor forma de adquirir a argamassa

Na hora de comprar materiais de construção, é inevitável dúvidas surgirem, afinal, um mesmo produto pode oferecer diversas possibilidades de uso, como, por exemplo, as argamassas. Elas, além de apresentarem um portfólio para diferentes tipos de serviços ou obras estruturais, podem ser vendidas ensacadas ou a granel.

Em primeiro lugar, é fundamental ter em mãos um bom projeto com as características e especificidades da obra, assim é possível analisar qual a melhor forma de adquirir a argamassa correta para a sua construção. Um exemplo: para grandes obras estruturais, a argamassa projetada é mais indicada por ser considerada uma alternativa mais moderna e eficaz quando comparada à argamassa chapada à mão.  

Argamassas ensacadas ou a granel?

A escolha pelo formato deve ser definida conforme as especificidades das obras estruturais, assim como o custo-benefício que for mais condizente com o seu projeto. No sistema em que a argamassa é bombeada e projetada, a compra a granel é mais recomendada. Outra vantagem é que ela  permite um controle maior da água de mistura, importante para a aplicabilidade e desempenho do produto.

As argamassas ensacadas são mais adequadas em casos que o produto é transportado até o local da aplicação em carrinho ou duto. Em grandes cidades, elas podem ser uma opção melhor por não ocuparem tanto espaço nos canteiros de obra. No caso das ensacadas, a proporção de água necessária é pré-indicada pelo fabricante. Deve-se evitar a argamassa virada em obra, pois qualquer variação nos traços pode comprometer a aplicabilidade do produto.

Prós e contras

Ensacadas: os sacos são rasgados e a emissão de pó é maior em comparação à granel.

Granel: o bombeamento da argamassa evita poeira no ar, pois o misturador que recebe o material tem filtros nas extremidades, impedindo a dispersão e evitando também o desperdício.

Ensacadas: a reciclagem deste tipo de embalagem de argamassa é mais complicada, comprometendo o meio ambiente.

Granel: evita o risco de confusão entre os diferentes tipos de argamassas presentes no canteiro de obra.

Ensacada: existe mais sujeira e mais mão de obra em relação ao uso à granel em silos. Quentão importante na hora de avaliar o custo-benefício.

Granel: o correto armazenamento da argamassa evita desperdício e futuros prejuízos.

Calculadora

A Votorantim Cimentos possui uma calculadora de materiais online que permite inserir as dimensões da peça que será assentada, a área de revestimento e qual argamassa será utilizada. Acesse e calcule o consumo previsto.

Quer otimizar grandes obras? O concreto bombeado pode diminuir o tempo, aumentar o lucro e garantir maior resistência a sua construção! Botão Site

 

Compartilhe esta matéria

Quer receber notícias e dicas sobre construção civil?

Inscreva-se grátis e
receba nossa newsletter.

X