Votorantim Cimentos
Publicado em 12/05/2015Microcimento espatulado

Microcimento espatulado

Microcimento polimérico é aplicado em áreas internas e externas, com desempenadeira

Microcimento espatulado é um revestimento cimentício resinado de cura rápida, alta flexibilidade e baixa espessura – varia entre dois e três milímetros. Seu aspecto é de cimento, mas tem acabamento mais fino, que pode ser brilhante, acetinado ou semifosco. A principal diferença em relação ao cimento queimado é que o microcimento não pede juntas de dilatação. No cimento queimado, grãos de cimento também são mais grossos, e o resultado, mais rústico.

O produto é vendido em kit composto por aditivos poliméricos especiais que dispensam o uso de cal e outros materiais. Em várias cores, sua aplicação é feita com desempenadeira, em movimentos semicirculares (forma de leque). O trabalho começa com uma base niveladora, seguida do microcimento espatulado, finalizado com uma camada incolor de proteção superficial. Alguns produtos dispensam a retirada do revestimento pré-existente – podem ser aplicados sobre pisos e azulejos.

No entanto, pode ser necessário o uso do primer antes do procedimento. De qualquer forma, o substrato tem de estar nivelado, limpo e livre de gorduras, óleos e graxas.
Rafael Sousa, proprietário da Speed Quality Reformas em Geral, Revestimentos e Pintura, é especializado na aplicação do microcimento (Miaki Revestimentos). O profissional conversou com o Mapa da Obra. Confira:

Por que decidiu especializar-se na tecnologia de microcimento espatulado?
Notei que este produto é bem aceito no mercado, e quero sempre dar o melhor para o meu cliente.

Como foi o processo de especialização? Que cursos fez?
Fiz cursos de aperfeiçoamento na própria Miaki Revestimentos. Já a experiência foi adquirida no dia a dia das obras.

Atualmente, você ainda executa os serviços ou apenas gerencia sua empresa?
Há dez anos que administro toda a minha equipe e empresa; não executo mais trabalhos manuais.

Quais as vantagens de se especializar num serviço como esse?
Vale a pena porque além de colocar um produto de qualidade no mercado, satisfaz meus clientes e tenho a oportunidade de mostrar o meu trabalho.

Há bastante demanda?
Sim, o produto é muito solicitado para móveis, paredes, pisos e até fachadas.

Há dificuldade de encontrar profissionais capacitados para trabalhar com isso?
Não é fácil encontrar. Por isso contrato pintores e eu mesmo ensino a aplicar o mcrocimento. Eles vão treinando nas obras, até atingir o padrão adequado de qualidade.

Quais suas dicas para quem quer começar a trabalhar com isso?
Em primeiro lugar, tem que ter empresa aberta, porque os clientes estão exigentes. Muitas obras, grandes, são de incorporadoras, com metragens significativas – de 10 mil m², por exemplo. Você tem que estar com todos os aplicadores registrados em carteira. O empresário vai precisar ter, no mínimo, cinco aplicadores, além das ferramentas adequadas.

“Todas as Obras” é versátil, resistente e reúne qualidades de diversos tipos de cimentoBotão Site

Saiba mais sobre o microcimento na galeria de fotos:

 

  • Sem juntas e com acabamento mais fino que o cimento queimado, o microcimento espatulado tem sido adotado para aplicações diversas, como em halls de hotéis – Foto: Divulgação
  • Mesmo pisos internos de residências podem ser feitos a partir da tecnologia do microcimento espatulado – Foto: Divulgação
  • Sua alta flexibilidade elimina a necessidade de juntas e torna possível criar grandes superfícies de microcimento – Foto: Divulgação
  • Como o microcimento espatulado pode ser aplicado na vertical, é possível revestir paredes e escadas a partir desta técnica – Foto: Divulgação
  • Com acabamento brilhante, acetinado ou semifosco, o microcimento é apropriado inclusive para aplicações externas, em fachadas – Foto: Divulgação
  • A versatilidade desse tipo de revestimento, que tem acabamento fino, o torna apropriado para as mais diversas aplicações, como nas bancadas – Foto: Divulgação
  • Aplicado com desempenadeira a partir de movimentos semicirculares (em forma de leque), o microcimento espatulado pode ser usado como revestimento decorativo de paredes internas – Foto: Divulgação
Compartilhe esta matéria

Mais lidas

Veja também

X