Votorantim Cimentos
Mapa da Obra - E-book

Construções sustentáveis

Confira como a Votorantim Cimentos realiza processos sustentáveis desde a fabricação de seus produtos até a execução dos mesmos nas obras

Publicado em 12/06/2018Vantagens e desvantagens do Drywall
Lã de vidro ou lã de rocha, colocadas entre as chapas de gesso, melhoram o desempenho acústico das paredes de vedaçãoCréditos: Shutterstock

Vantagens e desvantagens do Drywall

Sistema apresenta três tipos de chapa que atendem áreas secas, áreas com umidade e áreas que necessitam de maior desempenho com relação ao fogo

Como uma alternativa de rápida execução, o sistema de drywall tem sido utilizado para concepção de paredes internas de diversas obras de construção civil. As chapas são fabricadas por meio de uma laminação contínua de uma mistura de gesso, água e aditivos entre duas lâminas de cartão. Reunimos aqui algumas vantagens e desvantagens do drywall.

Além de possuir diversas normas técnicas para garantir o bom desempenho do sistema, a Associação Brasileira dos Fabricantes de Chapas para Drywall também elaborou o Manual de Projeto de Sistemas Drywall – paredes, forros e revestimentos, que fornece várias informações sobre como deve ser concebido o projeto para execução da alternativa.

Existem três tipos de chapas de drywall, sendo que cada uma delas é executada para determinada finalidade. A Standart (ST), mais comum, é fabricada para aplicação em áreas secas; a Resistente à Umidade (RU), deve ser aplicada em áreas sujeitas à umidade por um tempo limitado de forma intermitente; e, por último, a Resistente ao Fogo (RF), é aplicada em áreas secas que necessitam de um maior desempenho com relação ao fogo.

Cuidados recomendados pela Associação Brasileira do Drywall

  • O sistema deve ser utilizado sempre em áreas internas e não em áreas sujeitas às intempéries. Portanto, não se deve utilizar drywall em áreas externas das obras;
  • As paredes em drywall não apresentam função estrutural, ou seja, são utilizadas apenas para vedação ou compartimentação;
  • Também não se deve utilizar o sistema em ambientes com alta e contínua umidade, como piscinas e saunas;
  • É importante utilizar apenas componentes recomendados pelos fabricantes das chapas de gesso;

 

Vantagens do drywall

  • Reforma simples: para reformar qualquer parede, basta retirá-la e substituir por outra nova;
  • A parede de gesso é mais leve que a parede tradicional;
  • Superfície lisa e pronta para receber os acabamentos;

 

Desvantagens do drywall

  • Falta de mão de obra especializada;
  • Possíveis localidades brasileiras podem não possuir os acessórios necessários para utilização em drywall, o que compromete sua disseminação e utilização;
  • Resistência aos impactos: comparado à alvenaria estrutural, o sistema de drywall possui uma resistência menor aos impactos no caso de batidas, por exemplo.

 

Normas Técnicas

ABNT NBR 15217:2018 – Perfilados de aço para sistemas construtivos em chapas de gesso para drywall – Requisitos e métodos de ensaio;

ABNT NBR 14715-1:2010 – Chapas de gesso para drywall  – Parte 1: Requisitos;

ABNT NBR 14715-2:2010 – Chapas de gesso para drywall – Parte 2: Métodos de ensaio;

ABNT NBR 15758-1:2009 – Sistemas construtivos em chapas de gesso para drywall – Projeto e procedimentos executivos para montagem – Parte 1: Requisitos para sistemas usados como paredes;

ABNT NBR 15758-2:2009 – Sistemas construtivos em chapas de gesso para drywall – Projeto e procedimentos executivos para montagem – Parte 2: Requisitos para sistemas usados como forros;

ABNT NBR 15758-3:2009 – Sistemas construtivos em chapas de gesso para drywall – Projeto e procedimentos executivos para montagem – Parte 3: Requisitos para sistemas usados como revestimentos.

 

Já pensou em como tecnologia facilita a rotina dos moradores e auxilia em questões como segurança e eficiência energética?

 Botão Site

 

 

Compartilhe esta matéria

Conheça a sustentabilidade na Votorantim Cimentos

Baixe o e-book grátis e descubra quais iniciativas da companhia auxiliam na concepção de obras sustentáveis!

Mapa da Obra - E-book
X