Votorantim Cimentos
Mapa da Obra - E-book

Você conhece as 7 melhores práticas para a gestão de obras de infraestrutura?

Baixe o e-Book gratuito e descubra.

Publicado em 19/07/201710 regras de ouro da ética na construção civil
Com condutas éticas, sua empresa garante uma imagem melhor perante o mercado

10 regras de ouro da ética na construção civil

É importante manter toda a equipe comprometida em seguir um padrão de ética na construção civil para garantir as boas práticas da construção civil

Assim como todas as áreas de atuação profissional, também existe a ética na construção civil. Quando elas são seguidas corretamente, sua empresa garante uma imagem melhor perante o mercado.

Não é tarefa fácil, pois há muitos envolvidos na equipe – e quanto maior a empresa, mais profissionais ela tem. São engenheiros, projetistas, operários, encarregados e técnicos, entre outros. Mas é possível ser uma empresa exemplo da ética na construção civil seguindo algumas regras.

Regras da ética na construção civil

  1. Exercer a atividade construtiva com o objetivo de promover o bem-estar das pessoas. Para tanto, as edificações devem permitir aos usuários condições adequadas de saúde física e mental, além de higiene, segurança, proteção e conforto;
  2. Prover aos trabalhadores salários e estímulos profissionais compatíveis à produtividade, e estimular o desenvolvimento profissional dos funcionários, oferecendo cursos para o aprimoramento do ofício e das atividades, e racionalizando tempo e recursos materiais, sempre pensando em reduzir custos e, consequentemente, o preço final da obra;
  3. Seguir os projetos e cumprir rigorosamente as normas técnicas editadas pela ABNT.
  4. Cumprir as determinações das legislações municipais, estaduais e federais de maneira que o resultado final de qualidade e padrão sejam atingidos;
  5. Como agentes do progresso e do desenvolvimento, os profissionais da construção civil devem alertar as autoridades sobre desmandos, uso indevido da coisa pública e do poder, além de propagandas falsas e legislações falhas, entre outros;
  6. Não se utilizar das entidades representativas do setor visando obter benefícios pessoais;
  7. Manter sigilo quanto a informações confidenciais, processos e técnicas de propriedade exclusiva;
  8. Na publicidade, informar com precisão todas as características relacionadas ao projeto;
  9. Denunciar ações de fornecedores que configuram práticas cartelizadas, reservas e concessões indevidas, oposição à livre concorrência e outras ações predatórias ao mercado;
  10. Preservar o meio ambiente, minimizando o impacto ambiental decorrente das obras.

 

Se você gostou das regras de ouro da ética na construção civil, confira como é possível identificar fornecedores éticos e confiáveis.

 

 

Compartilhe esta matéria

Novo e-Book

As 7 melhores práticas
para a gestão de obras
de infraestrutura

Mapa da Obra - E-book
X