Votorantim Cimentos

Você busca conteúdos exclusivos sobre o mercado da construção civil?

Inscreva-se grátis e receba nossa newsletter.

Publicado em 30/11/2017NBR 16200 garante mais segurança à elevador de obra
nbr 16200 regulamenta o uso de elevadores em canteiros de obras.

NBR 16200 garante mais segurança à elevador de obra

Confira quais são os pré requisitos exigidos na construção e uso de elevadores em canteiros de obra.

Ao pensarmos em um canteiro de obras de grandes construções com muitos pavimentos, é automático visualizarmos aqueles elevadores de carga expostos para fora da estrutura que está sendo construída. Porém, o que muitas pessoas não sabem, é que tanto a instalação, quanto o próprio uso desses elevadores são regulamentados por uma norma de segurança (NBR 16200).

A Norma Brasileira NBR 16200 foi elaborada pelo Comitê Brasileiro de Máquinas e Equipamentos Mecânicos (CB-04) da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para prevenir quedas e outros acidentes de trabalho, além de garantir o bom funcionamento da obra. Ela trata de requisitos de projeto, construção, instalação e manutenção dos elevadores.

“Novos dispositivos apontam detecção de sobrecarga na cabina, cabo frouxo, parada, operação de emergência manual e elétrica, travamento das portas e parachoques”, explica o engenheiro mecânico Francisco Thurler Valente, coordenador da comissão. Confira quais são as principais regras que essa norma exige sobre o uso e manutenção de elevadores de carga em obras de construção civil.

Implementação da NBR 16200

Fique de olho nos freios e cabos

Entre as modificações que essa norma trouxe, está a adoção do acionamento feito por meio de cabos enrolados em tambor, suprimindo o uso de correntes com essa finalidade, além da extinção do uso de pneus no piso do poço, pois os mesmos não permitiam o controle da desaceleração da cabina. Agora, é exigida a instalação de um pára choques para retardamento médio de equipamentos para menos que 9,81 m/s.

Empresas e profissionais autorizados e qualificados

As empresas que disponibilizam os equipamentos de montagem e o serviço de instalação de elevadores terão de se adaptar aos requisitos normativos. Porém, o profissional que for operar a máquina deverá estar devidamente instruído sobre os pontos que precisam ser checados todos os dias, antes do funcionamento – além da verificação da carga a ser transportada, de acordo com os pesos permitidos.

Checklist diário de funcionamento

O checklist deve conter funcionamento de freios, condições da parte elétrica e presença de algum obstáculo no percurso, como vigas. “Esse trabalho é feito pelo operador, mas o engenheiro deve conferi-lo e também fornecer todas as informações necessárias a quem opera o equipamento. É fundamental que haja uma tabela do peso de cada material a ser transportado. Cabe ainda ao engenheiro programar a manutenção preventiva mensal a ser realizada pelo próprio fornecedor”, explica Masumoto.

Uso de elevadores desalinhados com a NBR 16200 é proibida

Elevadores que não atenderem às normas estabelecidas desde 10 de abril de 2013, assim como as disposições da NR 18 (norma de segurança do Ministério do Trabalho e Emprego), devem ser desativados e inutilizados. Para mais informações, a ABNT NBR 16200/2013 pode ser adquirida pelo site www.abnt.org.br.

Quer evitar problemas com rachaduras em paredes? Então saiba como fiscalizar o trabalho do engenheiro e evitar patologias.Botão Site

 

Compartilhe esta matéria

Quer receber notícias e dicas sobre construção civil?

Inscreva-se grátis e
receba nossa newsletter.

X