Publicado em 24/09/2013MPEs têm bom faturamento com materiais de construção

MPEs têm bom faturamento com materiais de construção

Na revenda de materiais de construção, 95% das empresas são micro, e devem crescer 6,5% em 2013

As vendas nas lojas de materiais de construção podem crescer 6,5% este ano, em comparação a 2012. A previsão é da Associação Nacional dos Comerciantes de Materiais de Construção (Anamaco), e reflete o bom desempenho das micro e pequenas empresas (MPEs), representantes de 95% das revendas, segundo a entidade.

De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo (Sebrae-SP), em maio, o faturamento real (descontada a inflação) das MPEs paulistas cresceu 2,5% em relação ao mesmo mês de 2012. O Sebrae-SP também aponta 3,6% de crescimento no primeiro trimestre de 2013, em comparação ao mesmo período do ano passado.

A conjuntura econômica e o comportamento do mercado imobiliário são determinantes para o segmento atingir esses resultados. Cabe a cada revenda, no entanto, fazer sua “lição de casa”, e aproveitar “ventos favoráveis” para oferecer produtos de qualidade, precificar corretamente os materiais, e buscar melhor atendimento no ponto de venda, além de boa organização da loja.

MPEs preocupadas com a satisfação do cliente

O presidente da Anamaco, Cláudio Conz, relembra que quando o cliente é bem atendido, sempre compra mais. Com conhecimento sobre processos da construção, vendedores ampliam as vendas oferecendo produtos agregados – se um cliente pedir tinta, eles saberão oferecer ferramentas e possíveis acessórios. “Nossa Academia de Vendas é uma opção online de treinamento de vendedores, e temos hoje mais de cinco mil alunos ativos. Isso pode ser um grande diferencial para lojas de médio e pequeno porte”, indica Conz.

Para conhecer os cursos da Anamaco, basta acessar www.anamaco.com.br.

Saiba quais produtos não podem faltar na sua loja de materiais para construção 

Botão Site

 

Compartilhe esta matéria

Veja também

X