Publicado em 19/05/2015Limpeza de calhas

Limpeza de calhas

Para evitar infiltrações em lajes e forros, tire sujeiras das calhas uma vez a cada seis meses

A preocupação com a limpeza do telhado não termina com telhas bem lavadas. A cada seis meses, é preciso fazer a limpeza de calhas. Folhas e outras sujeiras acumuladas sobre a cobertura podem escorrer com a água das chuvas e entupir dutos, causando alguns problemas.

“Além de dificultar o escoamento das águas, compromete a estrutura, pois aumenta o volume pluvial retido – e o peso da tubulação -, e se extravasar, a água que retorna, ou não desce, atinge forros e lajes, provocando sérias infiltrações”, alerta Nathália Brandão, gerente de treinamento e eventos da Mr. Limp.

Atualmente, calha entupida e acúmulo de água parada são grandes riscos, principalmente em cidades onde o surto de dengue já está instaurado. “A água nas calhas, e que se acumula sobre as lajes, também é foco de proliferação do mosquito transmissor da doença”. O ideal é sempre fazer a limpeza antes da época de chuvas fortes.

Maior necessidade de limpeza de calhas

Se a casa é rodeada de árvores, pode ser necessário limpar as calhas mais que duas vezes por ano, quando o acúmulo de folhas é grande. “Pequenos galhos e sacos plásticos trazidos pelo vento também aumentam a chance de ter a tubulação obstruída”, diz a gerente.

O serviço é chato, mas não é difícil. Basta retirar das calhas a sujeira acumulada, com as mãos. É essencial, no entanto, usar luvas grossas, para evitar que partes cortantes dos dutos provoquem ferimentos. “Também é preciso ter cuidado com a segurança, ao subir no telhado, porque quedas e até mesmo choques elétricos, onde a fiação da rede está próxima, são riscos reais. Indicamos usar calçado adequado, com solado de borracha, para não escorregar.” E para não dar sorte ao azar, o melhor é não tentar subir em dias de chuva.

Mas não é só isso. Se passar muito tempo entre uma limpeza e outra, a sujeira já terá se acumulado dentro dos dutos que descem do telhado até o sistema de captação e condução de águas pluviais, no piso. Assim, empresas especializadas usam hastes de limpeza, ou desentupidores, para atingir estes pontos mais profundos da tubulação. “Lavamos o sistema de drenagem com jatos d’água sob alta pressão, para remover sujeiras mais finas”, explica a porta voz da Mr. Limp.

Para limpeza de calhas mais eficiente e diminuição dos riscos, além de todos os benefícios que esses cuidados trazem ao imóvel e à saúde de seus moradores, o mais indicado é contratar empresa especializada que possua equipamentos de segurança e produtos de limpeza específicos. “A execução demanda equipamentos adequados de proteção individual (EPIs) e requer procedimentos de segurança constantes da NR-35, norma do Ministério do Trabalho e Emprego para trabalhos em alturas.”

Concreto refratário suporta temperaturas quatro vezes maiores que o tradicional e se destaca na produção de fornos a lenha. Saiba mais.

Botão Site

Compartilhe esta matéria

Veja também

X