Votorantim Cimentos
Publicado em 29/10/2018Piscina de prédio: quando é possível colocá-la na cobertura?
Piscina de prédio só pode ser executada caso estrutura suporte sua cargaCréditos: Shutterstock

Piscina de prédio: quando é possível colocá-la na cobertura?

Para colocar uma piscina na cobertura do prédio, toda estrutura deve estar dimensionada para suportar a carga

Reduzindo as metragens dos imóveis, mas aumentando os itens de lazer no empreendimento, cada vez mais as incorporadoras têm apostado na concepção de projetos com área para jogos, playground, quadras esportivas, área gourmet, brinquedoteca, lavanderia compartilhada e piscina na cobertura.

Porém, para instalar um item como a piscina de prédio de forma segura, é preciso considerar fatores importantes sobre a estrutura do edifício. Para colocar uma piscina na cobertura do prédio, toda estrutura deve estar dimensionada para suportar a carga. “Nos cálculos de dimensionamento da estrutura já são considerados os coeficientes de segurança de acordo com a NBR”, explica a professora Cynthia Barbieri Diezel Munhoz, do curso de Engenharia Civil do Instituto Mauá de Tecnologia.

Em prédios onde não há suporte para tal carga, é preciso desconsiderar essa instalação. Quando se trata de piscinas em varandas, a premissa é a mesma – deve-se seguir o mesmo critério, onde é preciso realizar um dimensionamento da estrutura.

O cálculo estrutural para verificar se a laje do imóvel aguenta a instalação dessa piscina deve considerar, por exemplo, a presença de vigas, que ajudarão a suportar a pressão do peso, e também a orientação do prédio, que demonstra para qual lado a face do empreendimento recebe maior incidência solar.

 

Considerações para instalação

De acordo com o professor Eduardo Deghiara, engenheiro civil e professor da Escola de Engenharia da Universidade Presbiteriana Mackenzie, se a piscina foi prevista no projeto arquitetônico – antes da construção do edifício – é possível a sua implantação, pois o calculista irá levar em consideração no processo de cálculo, as cargas da piscina no dimensionamento do edifício.

“Se o edifício já estiver pronto e um morador resolver instalar uma piscina na cobertura, dependendo das suas dimensões, não será possível, a não ser que sejam realizados reforços estruturais nos pilares existentes e nas fundações. Esses reforços são tão caros que, praticamente, a implantação da piscina se torna inviável”, afirma o docente da Universidade Mackenzie. “Se a piscina que o morador deseja implantar for pequena (tipo um tanque), com volumes de, aproximadamente, até 2.000 litros, a implantação será fácil. Para volumes maiores fica muito difícil a sua instalação”, complementa.

Vale ressaltar que o estudo para implantação leva em conta a resistência do concreto e a quantidade de aço dentro dos pilares que irão resistir à carga da piscina.

 

Materiais e pesos

Existem diferentes modelos de piscina no mercado para a escolha do projetista. Entre eles, é possível escolher pela piscina de concreto armado, de fibra e de alvenaria. No projeto, é importante considerar o peso de cada um desses materiais e verificar se a estrutura consegue suportá-lo. As piscinas de concreto armado, geralmente, são as mais pesadas, por isso, caso a estrutura não aguente seu peso, pode-se refazer o cálculo considerando os modelos em fibra ou alvenaria.

Normas ABNT de projeto, execução e manutenção de piscinas

NBR 5410 – Instalações Elétricas de Baixa Tensão;

NBR 9816 – Piscina – Terminologia;

NBR 9818 – Projeto e Execução de Piscina (Tanque e Área Circundante);

NBR 9819 – Piscina – Classificação;

NBR 10339 – Projeto e Execução de Piscina (Sistema de Recirculação e Tratamento);

NBR 10818 – Qualidade de Água de Piscina;

NBR 10819 – Projeto e Execução de Piscina (Casa de Máquinas, Vestiários e Banheiros);

NBR 11238 – Segurança e Higiene em Piscinas;

NBR 11239 – Projeto e Execução de Piscina (Equipamentos para a Borda do Tanque).

 

 

Agora, saiba que tipo de argamassa é a ideal para a aplicação de revestimentos em piscinas: http://www.mapadaobra.com.br/capacitacao/argamassa-para-piscinas-aplicacao-de-revestimento-ceramico-requer-argamassa-colante-ac-iii/

 

 

Compartilhe esta matéria

Mais lidas

Veja também

X