Votorantim Cimentos

Você busca conteúdos exclusivos sobre o mercado da construção civil?

Inscreva-se grátis e receba nossa newsletter.

Publicado em 20/09/2017Capacitação profissional de seus funcionários: já pensou nisso?
Capacitar o funcionário também é uma forma de treinar e levar o profissional a um processo de educação, reciclagem e alteração de comportamento.Créditos: Matej Kastelic / shutterstoc.com

Capacitação profissional de seus funcionários: já pensou nisso?

A qualidade dos recursos humanos é, indiscutivelmente, um dos principais motivos de sucesso ou fracasso de uma empresa. Por isso, a capacitação profissional é fundamental

Não há dúvida: funcionários são uma das partes mais importantes de uma empresa, pois são eles que vão estar em contato direto com os clientes. E, para que isso aconteça de maneira positiva e produtiva, a capacitação profissional aparece como algo muito importante no mercado.

Especialistas afirmam que a qualidade dos recursos humanos é, indiscutivelmente, um dos principais motivos de sucesso ou fracasso de uma empresa. Mesmo sabendo disso, é muito comum ainda vermos empresas contratando e selecionando um futuro funcionário, pensando em economizar com o salário do profissional. Que dirá pensar em uma capacitação profissional futura.

A curto prazo, até parece uma economia para a empresa, mas no médio e longo prazo, pode ser um retrocesso, originando custos adicionais devido à baixa produtividade, desqualificação, e grande rotatividade no quadro de colaboradores.

Alguns gestores acreditam que o investimento em capacitação profissional trata-se de um custo sem retorno, isso porque quando o funcionário deixar a empresa, esse investimento será perdido. O resultado de um profissional capacitado e motivado certamente irá recompensar o valor investido pela empresa, mesmo com pouco tempo de produção.

 

Parceria entre empresa e funcionário

O sucesso de uma empresa depende do espaço físico, disponibilidade de produtos, capital empregado e capacidade da sua equipe. Para crescer profissionalmente e economicamente, é necessário que o homem aumente suas habilidades, capacidade intelectual e técnicas de trabalho.

Capacite seu funcionário, pois também é uma forma de treinar e direcionar o profissional a um processo de educação, reciclagem e alteração de comportamento. Por meio da capacitação profissional, o funcionário se sente valorizado, adquire características de proatividade, conhecimento sobre as necessidades específicas da empresa, do setor e, até mesmo, pode estar preparado para capacitar outras pessoas.

 

Benefícios causados pela capacitação de funcionários:

  • Redução de custos;
  • Ambiente de trabalho agradável;
  • Diminuição na rotatividade de pessoal;
  • Entrosamento entre os funcionários;
  • Empresa mais competitiva;
  • Elevação na produtividade.

 

Dica para capacitação de funcionários

Elabore um formulário para levantar as necessidades de capacitação dos membros de sua equipe. Coloque o nome de cada um, liste as necessidades de conhecimento e habilidades para o trabalho, avalie cada um e registre se eles apresentam ou não aquilo que é necessário.

Em outro formulário, faça um plano de capacitação dos seus colaboradores. Coloque o nome de cada um e liste as necessidades de conhecimento a serem supridas e as habilidades a serem desenvolvidas, tomando por base o levantamento de necessidades de capacitação já realizado.

A seguir, defina o tipo de capacitação profissional a ser feito, se no local de trabalho, por meio da utilização de outros colaboradores, ou via cursos oferecidos pelo mercado. Registre tudo no formulário. Se a capacitação for feita internamente, defina a data e a execute conforme programado.

No caso da capacitação ser feita por meio de cursos oferecidos pelo mercado, verifique a melhor opção existente, em termos de qualidade, custos e outras facilidades. Após isso, defina a data e encaminhe o colaborador ao curso, conforme programado.

 

Capacitar também é valorizar

A capacitação do funcionário se inicia desde o primeiro momento em que este ingressa na empresa. Destaque especial deve ser atribuído ao primeiro dia de trabalho, momento em que ele se apresenta, em geral, inseguro, não por uma característica de personalidade, mas sim pela própria situação de novidade a que está submetido.

É comum um funcionário mais antigo acompanhar e apoiar o recém-chegado, como forma de “quebrar” parte desse desconforto. A atitude das empresas que se preocupam com a capacitação de seu pessoal é logo percebida, e gera um clima saudável de reconhecimento.

“Todos os indivíduos possuem, em seu projeto de vida, a intenção de melhorar e crescer. Ao receberem da empresa a oportunidade de aprimorar-se, reconhecem na atitude uma confirmação de sua importância dentro do contexto organizacional e fortalecem suas expectativas quanto a recompensas futuras”, dizem especialistas do Sebrae.

 

Assim como os funcionários, os fornecedores têm papel muito importante para o bom funcionamento de uma loja de construção. Tenha dicas de como identificar se ele é de confiança.

 

 

Compartilhe esta matéria

Quer receber notícias e dicas sobre construção civil?

Inscreva-se grátis e
receba nossa newsletter.

X