Votorantim Cimentos

Você busca conteúdos exclusivos sobre o mercado da construção civil?

Inscreva-se grátis e receba nossa newsletter.

Publicado em 28/09/2017Vamos falar sobre o balcão de atendimento da sua loja?
Em uma loja de materiais de construção, é fundamental pensar em como proteger o seu balcão de atendimento.Créditos: Visia

Vamos falar sobre o balcão de atendimento da sua loja?

Madeira, metal, porcelanato, pedras e até borracha estão entre os materiais que podem revestir seu balcão de atendimento

Em uma loja de materiais de construção, é fundamental pensar em como proteger o seu balcão de atendimento. Afinal, ele acaba sendo um espaço multiuso, que recebe materiais e produtos pesados e de grandes dimensões, além de ser o local de atendimento dos seus clientes.

Por isso, as medidas do balcão devem ser suficientes para receber todas as “cargas” que são impostas ao balcão de atendimento da sua loja de materiais de construção, nunca esquecendo de zelar pelo atendimento do seu cliente.

 

Como proteger o balcão de atendimento?

Há materiais usados para confeccionar ou revestir móveis, prateleiras e balcões com resistência à altura e ao peso dos produtos comercializados na sua loja de materiais de construção.

Balcões de vidro, por exemplo, não encontram lugar em loja de materiais de construção, aponta Eliane Adesse, arquiteta especialista em projetos de espaços comerciais. “Apesar de terem ótima higiene, quebram muito facilmente. O funcionário até toma cuidado, mas o cliente, não”, alerta.

Já o laminado melamínico não é recomendável por riscar com facilidade. Não só haverá prejuízo estético, como também risco microbiológico, já que ranhuras são locais propícios à proliferação de bactérias.

Exceção pode ser feita nas lojas de materiais elétricos: com produtos mais leves, que não colocam em risco a integridade das superfícies, é possível optar por balcões de vidro ou laminados.

Os revestimentos de borracha para balcões também são vistos com ressalva pela arquiteta. Apesar de seus benefícios práticos e financeiros – é barato, e protege o móvel contra impactos causados por objetos pesados, como latas de tinta – sua limpeza é difícil, e o resultado estético não agrada muito.

Leia também: Invista nas redes sociais da loja de materiais

Custo x benefício

Entre os materiais para revestir, de custo relativamente baixo, duráveis e de efeito estético interessante, Adesse destaca as pedras, que não quebram nem riscam, e são fáceis de limpar. Exigem, no entanto, estrutura resistente para suportar seu peso próprio.

“É um dos melhores materiais, e há de vários tipos, como o granito andorinha, que tem bom acabamento final”, indica. Outro tipo de pedra recomendada pela arquiteta é a ardósia. “Pouca gente usa, mas é mais barata e, polida, terá belo acabamento”, assegura.

Também vale tentar o porcelanato, “desde que o produto seja resistente à abrasão, como os produtos destinados a pisos de alto tráfego”, pondera. No entanto, assim como as pedras, é necessário prever algum tipo de proteção para bordas.

Balcões originalmente em madeira ou metal, que peçam nova cara, podem ser revitalizados com chapas cimentícias. “O material, usado como revestimento do móvel, é resistente, tem bom comprimento e pode ser cortado do tamanho desejado. A limpeza é feita com pano úmido”, explica.

Revestimentos metálicos são vistos com cautela, apesar de sua resistência adequada e custo comparativamente baixo. O problema é que exigem manutenção periódica na pintura, pois riscam muito fácil.

 

E as prateleiras?

Prateleiras não precisam ser feitas no mesmo material do balcão de atendimento. Materiais pesados como pedras, por outro lado, pedem reforços de fixação, o que encarece o projeto de interiores.

Nesses casos, Adesse recomenda soluções mais convencionais, como o aço inox ou o laminado melamínico. “A solução tem que ser mais barata que a do balcão”, orienta.

Alternativa interessante é o sistema slatwall. Trata-se de um perfil fixado na parede que recebe mãos-francesas para apoio das prateleiras. Apresenta boa capacidade de carga e custo competitivo.

E aí, já decidiu como vai proteger o balcão de atendimento da sua loja de materiais de construção?

 

Quer uma dica de material que proteja a madeira sem prejudicar o seu aspecto natural? Conheça o stain – alternativa ao verniz.

Botão Site

 

 

Compartilhe esta matéria

Quer receber notícias e dicas sobre construção civil?

Inscreva-se grátis e
receba nossa newsletter.

X