Publicado em 25/12/2019Gerenciamento de projetos: 5 dicas para otimizar a gestão
O processo de gerenciamento deve utilizar técnicas e ferramentas de gestão, mas ter como único objetivo a cobrança de prazos e o controle do fluxo de documentos.Créditos: Shutterstock

Gerenciamento de projetos: 5 dicas para otimizar a gestão

Para extrair o melhor potencial dos projetistas, é essencial um adequado gerenciamento dessa equipe

A importância da elaboração de bons projetos é sempre enfatizada em eventos, cursos, palestras e demais encontros que discutem a gestão de empreendimentos do setor de construção civil. Os motivos são diversos: maior previsibilidade de custos e prazos do processo construtivo, redução de desperdícios, melhor qualidade do produto final, tudo isso implicando na redução dos custos de execução. Mas para que esse processo de projeto possa ser otimizado e para que se extraia o melhor potencial dos projetistas, é essencial um adequado gerenciamento de projetos e de equipe.

Segundo o professor Marcos Monteiro, do curso de engenharia civil do Instituto Mauá de Tecnologia, existem diversos formatos possíveis para esse gerenciamento de projetos: executado pela equipe da empresa contratante, gerenciamento terceirizado para empresas especializadas em gestão de projetos, ou ainda, exercido por um dos projetistas (em geral, o arquiteto).

 

Confira cinco dicas para otimizar o gerenciamento de projetos:

 

1- Preferencialmente, o gestor não deve estar ligado a nenhum dos projetistas. Pode ser um funcionário do contratante ou uma empresa terceirizada;

2- O processo de gerenciamento deve utilizar técnicas e ferramentas de gestão, mas ter como objetivo a cobrança de prazos e o controle do fluxo de documentos;

3- É essencial que o gestor de uma equipe multidisciplinar de projetos de empreendimentos tenha conhecimentos adequados das principais especialidades e da legislação envolvida, para que possa realizar a compatibilização dos projetos e colaborar na resolução de problemas;

4- A experiência em processos executivos e com a filosofia de trabalho da construtora é importante para que traga para a equipe informações importantes para o desenvolvimento dos projetos, no tempo adequado, a fim de que os projetos forneçam as informações necessárias para as fases posteriores do empreendimento: planejamento, suprimentos, execução, etc.

5- O gestor deve ser um líder, respeitado pelos demais projetistas por seus conhecimentos, experiência, espírito agregador e, principalmente, por seu compromisso com a equipe e com os resultados do empreendimento.

 

Ferramentas para gerenciamento de projetos

 

Ainda de acordo com o docente, existem diversas técnicas e ferramentas que orientam e disciplinam o processo de gerenciamento de projetos. “Talvez, a mais conhecida, seja o PMBOK. Mais recentemente, muitas empresas começaram a utilizar o SCRUM, que se apresenta como uma metodologia ágil de projetos” destaca.

 

Mais importante do que a ferramenta utilizada pelo gestor, no caso de empreendimentos de construção civil, mais do que o conhecimento de ferramentas de gerenciamento, é importante que ele reúna conhecimentos, ao menos, das principais áreas de projeto de um empreendimento: arquitetura, estruturas, fundações e sistemas prediais. “Sem esses conhecimentos, a coordenação e a compatibilização de projetos será deficiente e os resultados ficarão aquém do esperado. Além disso, é muito desejável o conhecimento do processo produtivo, para que possa auxiliar a equipe na tomada de decisões”, finaliza.

 

Entenda como as construtechs podem auxiliar no aumento de produtividade:

https://www.mapadaobra.com.br/inovacao/construtech-produtividade/

 

 

Compartilhe esta matéria

Veja também

X