Publicado em 27/11/2013Faça a exposição de produtos correta durante o Natal

Faça a exposição de produtos correta durante o Natal

Decoração e exposição de produtos incentivam consumidor a comprar ainda mais neste período

No comércio, o clima de Natal chega bem antes das festas. A partir de outubro, uma decoração especial chama consumidores para a hora de presentear familiares e amigos. As lojas de materiais de construção também devem incorporar o espírito natalino para incentivar suas vendas. Seja com luzes, pinheiros cheios de estilo e enfeites, ou guirlandas, o importante é não descaracterizar a revenda, que precisa manter um padrão visual, com a exposição de produtos composta por materiais de construção.

Para a empresária Flávia Andrade Menezes, da Ferragens Mar Paulista, São Paulo, enfeites incentivam as vendas porque trazem os clientes para o clima de Natal, época dedicada à compra de materiais que embelezam e fazem a manutenção dos lares – além de concluírem reformas. “Muitos compram para dar de presente a parentes que estão reformando ou construindo”, revela.  De acordo com Paulo Henrique Tavares, consultor do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), independente do jeito da decoração, o melhor é realizar a exposição de produtos de maneira bem farta.

“Cerca de 70% das revendas estão nos bairros. Nessas lojas, que têm de 150 m² a 200 m², em média, a área de atendimento é também estoque, e ela estará recheada de itens, especialmente os básicos, para que saltem aos olhos do profissional de obra”. Outra forma de chamar o consumidor em época de Natal é fazer promoções dos materiais mais procurados para a época (sempre com base no balanço das vendas dos anos anteriores).

Leia tambémMateriais para pintura de parede na sua loja

Antes do período de aquecimento do mercado, que se inicia em meados de setembro, Menezes negocia redução de preços com seus fornecedores. O caso das tintas é emblemático: “Se compro 30 latas, posso ganhar duas, e isso me permite vender cada uma delas a 6% menos”, conta Menezes. Os sorteios também são uma boa estratégia de marketing para o comércio. Neste ano, para cada 100 reais em compras, os clientes da Mar Paulista ganham um cupom para concorrer a uma bicicleta, um espremedor de frutas ou uma caixa de ferramentas.

Condições especiais de pagamento devem estar limitadas aos profissionais de obra que são clientes mais fiéis da revenda, informa o consultor do Sebrae. “Oferecemos parcelamento em três vezes, sem juros, ao longo do ano todo. Não ampliamos o número de parcelas para compras de Natal. Quanto mais prorrogarmos, mais o cliente ficará endividado, e deixará de comprar no período seguinte, principalmente nos primeiros meses do ano”, ensina a empresária.

Não basta o bom visual, é preciso oferecer os produtos certos. Sua loja oferece materiais para pequenos reparos residenciais?
Botão Site

Compartilhe esta matéria

Veja também

X