Publicado por Carla Rocha em 27/07/2020Cronograma de obras: como evitar atrasos na pandemia
Contar com a tecnologia pode ser primordial para evitar atrasos de cronograma.Créditos: Shutterstock

Cronograma de obras: como evitar atrasos na pandemia

Tecnologia pode ser uma grande aliada para garantir as entregas dentro do prazo

Uma construção passa por diversas etapas desde a concepção do projeto até a execução do acabamento. Para isso, é preciso ter a definição do projeto arquitetônico e projetos complementares (por exemplo: legais, de fundações, estrutural, de instalações, paisagístico), e além de definir o sistema construtivo, deve-se também definir o cronograma físico e financeiro, partes muito importantes para o sucesso na entrega da obra dentro do prazo estipulado.

De acordo com Soraya Arida Katchvartanian, professora de Engenharia Civil do Instituto Mauá de Tecnologia, a fase de planejamento e projetos é essencial para dar sequência em outras questões como, por exemplo, o cronograma de custos. Otimizando-se custos, a arte de construir bem e sem desperdícios será extremamente agradável e a contratação da execução trará muitas vantagens”, ressalta.

Um cronograma de obras assertivo depende muito dos conhecimentos técnicos e também dos processos executivos bem como sistemas construtivos utilizados a fim de garantir um dimensionamento de custos e prazos claros e efetivos para melhorar a produtividade da obra. 

Entre os principais pontos de atenção de um cronograma de obra bem feito estão:

 – Previsão de custos.

– Estimativa de tempo.

– Monitoramento de obra.

– Logística de canteiro.

 

Outro ponto destacado pela docente é que o uso de tecnologias de ponta como, por exemplo, o BIM (Building Information Modeling – Modelagem de Informações da Construção), em todas as etapas da obra, trará enorme benefício ao produto finalizado e assertividade nas etapas construtivas, além da economia desejada. Ainda mais em uma época de pandemia, onde a tecnologia pode ser uma grande aliada para garantir as entregas dentro do prazo.

 

Como garantir a assertividade nas etapas construtivas

As fases, geralmente em ordem cronológica (pois algumas podem ser simultâneas a outras), são fundamentalmente: fundação, estruturas, vedações, fachadas, cobertura, instalações, caixilharias, acabamentos e, por final, paisagismo. Terão seus projetos interligados e resolvidos com todas as suas interferências bem solucionadas fazendo com que a construção ocorra no prazo planejado e com assertividade financeira.

“Não menos importante, temos que atentar para o uso e manutenção do imóvel, seja ele residencial ou comercial”, orienta. É de extrema importância que a edificação atenda às exigências das normas de especificação, tais como a NBR 15575:2013, mais conhecida como Norma de Desempenho, a fim de que a residência possa atender plenamente a sua vida útil de projeto.

Tal norma estabelece alguns parâmetros técnicos por meio do cumprimento de diversos requisitos importantes a serem seguidos para toda e qualquer unidade habitacional, tais como durabilidade, desempenho acústico e térmico, garantia e também a vida útil do mesmo, determinando um nível mínimo e obrigatório para cada um deles. Além disso, a norma tem como premissa básica algumas características que visam estabelecer as responsabilidades de cada profissional envolvido na construção de uma edificação: projetistas, fabricantes de materiais, construtores, incorporadores, administradores condominiais e também os próprios usuários.

 

Bônus: evolução do setor construtivo com o uso do BIM

Um grande diferencial na Engenharia de Construção, mercadológico, técnico e comercial, é o BIM. Esse sistema prevê um histórico sempre atualizado da vida da edificação, onde o corpo de engenheiros têm uma visão holística da simulação do produto finalizado e seus ajustes técnicos (incluindo design, cores, materiais e texturas), assim como também o futuro usuário/comprador do imóvel pode visualizar simultaneamente todos os projetos em 3D num “passeio virtual”, numa experiência que beira a cinestesia. “A evolução exponencial de instrumental tecnológico já é uma realidade acessível nesses novos softwares, onde com inovação já ensinamos nossos alunos no IMT”, salienta a docente.

 

Quer mais dicas para um cronograma de obras eficiente? Acesse:

https://www.mapadaobra.com.br/capacitacao/cronograma-de-obras/

 

 

Compartilhe esta matéria

Veja também

X