Publicado em 12/09/2016Consultoria da Votorantim Cimentos orienta aplicação de pisos cerâmicos externos
Pisos cerâmicos aplicados em áreas externas devem ser assentados com argamassa colante AC II ou AC III

Consultoria da Votorantim Cimentos orienta aplicação de pisos cerâmicos externos

Foi identificada utilização de argamassa inadequada e falha no processo de assentamento, sendo recomendada uma nova instalação

Graças à exposição direta ao tempo, a aplicação de pisos cerâmicos em áreas externas pede cuidados diferentes da instalação em ambientes internos. Ao céu aberto, as peças ficam sujeitas a variações de umidade, temperatura e insolação. O tipo de material para revestimento deve ter comportamento adequado a essas situações, incluindo a argamassa colante.

Quando um projeto não considera esses aspectos, podem ocorrer patologias. Um dos problemas corriqueiros é o desplacamento de pisos cerâmicos. Foi o que aconteceu em uma residência situada na cidade de Rubiataba, no estado de Goiás, que utilizou revestimento de 53 x 53 cm na entrada da garagem. Pouco tempo após a aplicação, as peças de cerâmica começaram a se soltar.

Tipo de argamassa pode influenciar

A Votorantim Cimentos, fornecedora da argamassa, foi acionada para verificar a situação. A visita técnica observou equívocos no uso do material e também no procedimento de instalação. Como explica Lucas Harb, coordenador de vendas da empresa, “constatou-se a utilização de uma argamassa indevida para o local, no caso, a AC I. O correto para esse tipo de aplicação é a AC II ou III”.

Essa argamassa é indicada para áreas externas, pois reúne propriedades superiores de aderência e flexibilidade, sendo composta por fungicidas e algicidas. “Além do mais, era necessária a dupla colagem, segundo a NBR 13.753, por se tratar de peças iguais ou superiores a 30 x 30 cm. Tal procedimento não foi seguido, o que acarretou o descolamento dos pisos”, afirma Harb.

Como solução do problema, foi orientada uma nova aplicação com a utilização correta da argamassa colante AC I e AC III, de acordo com a necessidade do assentamento.

Outras causas

As peças cerâmicas também podem se soltar por causa da ausência, ou da insuficiência, de juntas de dilatação, que são placas metálicas inseridas entre as juntas de paredes e pisos para aliviar as vibrações que ocorrem entre as estruturas (pois elas se movimentam com o passar do tempo).

O problema também pode ser ocasionado quando o assentamento ocorre em uma área empoçada ou sob forte influência do sol e dos ventos, ou quando a argamassa é utilizada após o tempo em aberto.

Votomassa Cerâmica Externa

A Votorantim Cimentos fornece a Votomassa Cerâmica Externa para assentamentos sobre argamassa de revestimento, contrapiso à base de cimento e piso de concreto. Trata-se de um produto leve, de excelente trabalhabilidade, flexibilidade e aderência, composto por cimento Portland, agregados de granulometria controlada e aditivos químicos. Supera os requisitos de classificação AC II, de acordo com a NBR 14.081/2012.

Assista o passo-a-passo de aplicação

 

A Votomassa Grandes Formatos também é um boa solução para grandes peças de porcelanato e cerâmica, e você pode conhecer mais sobre o produto.Botão Site

Compartilhe esta matéria

Veja também

X