Votorantim Cimentos
Publicado em 24/02/2015Como calcular um orçamento de pintura

Como calcular um orçamento de pintura

Confira cálculo de metragem quadrada e custos de materiais para orçar serviços de pintura

Não corra o risco de cobrar demais, e perder o cliente, nem pedir de menos, e sair no prejuízo. O primeiro passo ao montar um orçamento de pintura é fazer uma análise cuidadosa das superfícies que serão pintadas, características gerais do imóvel e todas as dificuldades a enfrentar – existência prévia de trincas, fissuras e descascamentos, que exigirão serviços complementares.

Para Gisele Bonfim, gerente técnica da Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas (Abrafati), bons resultados também dependem da escolha de produtos com qualidade e de técnicas certas de execução, desde a preparação da base, até o acabamento final.

Verifique também se a tinta atende aos quesitos mínimos de qualidade de normas técnicas brasileiras (ABNT NBR 15.079). O site Tinta de Qualidade (inserir: http://www.tintadequalidade.com.br/qualidade-aprovada/), criado pela Abrafati, tem uma lista de fabricantes e produtos que atendem à norma.

“De maneira geral, tintas não conformes apresentam baixo rendimento e pouca resistência à abrasão e a produtos de limpeza, e, portanto, menor durabilidade”, lembra Gisele.
Segundo o Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro), tintas não conformes enganam quanto ao rendimento, o que significa maior gasto de material e de horas de trabalho.

O Manual do Pintor Profissional Abrafati informa que tintas premium devem ter poder de cobertura mínimo de 6 m2 por litro; as standard, 5 m2 por litro, e as econômicas, pelo menos 4 m2 por litro.

Cálculo da área para orçamento de pintura

Depois de analisado o espaço, meça a altura e o comprimento das superfícies a serem pintadas – paredes, tetos e fachadas. Em seguida, subtraia desse total as áreas de todos os vãos existentes (janelas, aberturas, recortes e portas). O resultado será a área real a pintar.

Exemplo:
Área de parede = 18 m (base) x 2,8 m de pé direito = 50,4 m2
50,4 m2 – 6 m2 (vãos) = 44,4 m2
Área do teto = 5,5 m x 3,5 m = 19,25 m2
Para saber o consumo de tinta, considerando uso de tinta látex econômica (consumo de 4,0 m2/litro):
Área da parede + área do teto = 44,4 + 19,25 = 69,65 m2
Consumo de tinta: 69,65/4 = 17,41 litros
Considerando que as embalagens disponíveis no mercado são:
– Lata: 18 litros
– Galão: 3,6 litros
– ¼ de galão: 0,9 litros,

Vai ser preciso comprar uma lata ou cinco galões, para chegar aos 17,41 litros necessários para a área total calculada. Procure a possibilidade mais barata!

Se sobrar tinta, guarde a lata bem fechada, sempre atentando à data de validade. Para determinar o tempo de duração do serviço, a recomendação da Abrafati é o pintor tomar por base sua experiência no serviço em questão.

Além das tintas e produtos complementares (massas niveladoras, fundos, seladores e outros), para os quais vale o mesmo cálculo das tintas, é preciso ter rolos, trinchas e pincéis, caçambas ou bandejas, fitas adesivas, lixas, espátulas de aço (para aplicar massas em pequenas áreas e remover a pintura velha) e desempenadeiras de aço (para aplicação de massas em grandes áreas). “Ferramentas e equipamentos também devem ter qualidade e adequação ao uso pretendido”, salienta Gisele.

Por fim, o pintor combina com o cliente quem é responsável pela compra dos produtos e com quem as sobras ficam, depois da conclusão dos serviços. Reforce também o prazo máximo de validade do orçamento de pintura e preveja uma taxa de urgência, caso o cliente exija que o serviço seja feito em poucos dias.

Quando o assunto é estrutura, a melhor opção é o ultrarresistente Cimento Obras Estruturais

Botão Site

Compartilhe esta matéria

Mais lidas

Veja também

X