Publicado em 11/07/2013CBIC lança Guia de Boas Práticas em Sustentabilidade

CBIC lança Guia de Boas Práticas em Sustentabilidade

Gestão de pessoas, saúde e segurança do trabalhador fazem parte deste conceito

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), em parceria com a Fundação Dom Cabral, lançou o Guia de Boas Práticas em Sustentabilidade na Indústria da Construção. O material traz soluções práticas que também podem ser aplicadas ao campo de obras públicas, apesar de trazer enfoque empresarial. O objetivo é estimular as mais de 170 mil empresas que integram o setor, para que incorporem conceitos e práticas de sustentabilidade corporativa ao seu cotidiano. A edição reúne um conjunto de iniciativas empresarias que se tornaram referência ao alcançar resultados significativos nas áreas ambiental, econômica e social.

O Guia é organizado em seis seções de interesse: gestão empresarial e governança, relacionamento com investidores, melhorias no processo construtivo, saúde e segurança do trabalhador, formação de mão de obra e desenvolvimento imobiliário urbano. Durante o evento de lançamento do Guia, foram apresentadas seis das 29 boas práticas colhidas em quatro regiões do país (Sul, Sudeste, Nordeste e Centro-oeste). Na seção que trata das melhorias no processo construtivo foram apresentados projetos que se destacam na implantação de processos produtivos mais limpos e na redução da geração de resíduos, além de melhorias do desempenho ambiental.

Entre os destaques do guia estão a contratação de mão de obra feminina, indicando que “a inclusão das mulheres em sua força de trabalho se mostrou acertada e favorável aos negócios”, diz José Carlos Martins, vice-presidente da CBIC. A inclusão social de detentos e egressos do sistema prisional como alternativa viável para suprir o déficit de mão de obra também é ressaltada, assim como a valorização das condições de trabalho dentro do canteiro – segurança, saúde, ergonomia, capacitação e formação de mão de obra local.

O guia visa ainda oferecer aos empresários de toda a cadeia produtiva da indústria da construção um conjunto de projetos e ações que são, ao mesmo tempo, referência e estímulo para que mais empresas do setor incorporem a responsabilidade social e a sustentabilidade ao seu plano de negócios. “São exemplos práticos, que poderão servir de inspiração e contribuir mais efetivamente ao melhor ambiente de negócios, e tornar a qualidade de vida de nossos trabalhadores e da sociedade prioridade máxima”, conclui Martins. Clique aqui para download grátis.

Conheça materiais alternativos para aumentar sustentabilidade no Brasil

Botão Site

Compartilhe esta matéria

Veja também

X