TESTE
Mapa da Obra - E-book

Habitação Social: descubra os avanços da última década

Baixe o e-book!

Publicado em 02/12/2019Projeto arquitetônico: como funciona e para que serve
Um projeto arquitetônico contém a representação de todos os ambientes e suas dimensões, uma ideia prévia da modulação estrutural e detalhes construtivosCréditos: Shutterstock

Projeto arquitetônico: como funciona e para que serve

Com ele é possível verificar a melhor maneira de atender as necessidades de um cliente

O projeto arquitetônico é o esboço do projeto, essencial para qualquer edificação. Ele é definido como a materialização de uma ideia ou do espaço imaginado pelo arquiteto. Com o projeto arquitetônico, é possível verificar a melhor maneira de atender às necessidades de um potencial cliente ou até mesmo prever e/ou solucionar os problemas que podem surgir durante o processo. Ele é composto por algumas fases, são elas: implantação; plantas de cobertura; planta baixa; cortes e elevações; e layout gráfico. “O projeto arquitetônico permite também prever os recursos físico-financeiros necessários à realização da obra”, aponta Paula Katakura, que é professora do curso de Engenharia Civil do Instituto Mauá de Tecnologia.

A seguir, é desenvolvido o projeto executivo, já considerando os demais projetos complementares: de estrutura, fundações, instalações hidráulicas, ar-condicionado etc. O projeto executivo deve conter todas as referências necessárias à locação da obra e execução da edificação. “A construção se inicia com a preparação do terreno; instalação do canteiro de obras; locação dos pilares; execução de cortes e aterros das fundações, de pilares, vigas e lajes, seguidas das alvenarias das paredes; acabamentos; impermeabilizações; cobertura etc.”, destaca. Um projeto arquitetônico organiza os espaços para as atividades das pessoas, desde pequenos espaços até grandes edifícios e conjuntos de edifícios. “Com ele, consegue-se construir de forma planejada, com a previsão de todos os ambientes, pensando nas condições de conforto ambiental, de ergonomia, de materiais e sistemas a serem utilizados”, finaliza.

Confira as cinco etapas do projeto arquitetônico:

1- Pré-projeto: é o briefing em que são levantadas as necessidades pré-existentes.

2- Estudos preliminares: é a primeira etapa de elaboração técnica projetual, em que serão definidas as plantas humanizadas, perspectivas 3D, layouts etc.

3- Anteprojeto: após a aprovação do projeto preliminar, são definidas as informações técnicas que auxiliam na execução da obra. É a fase em que é colocado em prática o desenvolvimento mesmo do projeto.

4- Projeto executivo: é onde entram a concepção, representação final e informações técnicas.

5- Compatibilização: combina o projeto com todos os outros demais complementares.

De acordo com Katakura, inicialmente, existe um estudo de viabilidade ou estudo preliminar quando o arquiteto analisa as condições do terreno, o projeto arquitetônico do cliente e a legislação vigente, que estabelece, além das atividades e atribuições dos arquitetos e urbanistas, quais são as áreas de atuação privativas a esses profissionais, dentre as quais se enquadra o projeto arquitetônico. Depois desse primeiro estudo, passa-se ao anteprojeto, quando são pensadas as modulações estruturais, a escolha do sistema construtivo, os níveis de implantação no terreno, a organização das atividades em planta, a iluminação natural, ventilação, acústica, restrições legais tanto do código de obras quanto da lei de uso e ocupação do solo do município, dentre outros.

A docente explica também que um projeto arquitetônico contém a representação de todos os ambientes e suas dimensões, uma ideia prévia da modulação estrutural e detalhes construtivos: portas, janelas, paredes, forros, coberturas, especificação de materiais construtivos e revestimentos, referências para a implantação no terreno, indicações de níveis, acessos, circulações, enfim, todas as informações importantes para a execução de um edifício.

 Conheça a arquitetura paramétrica, um novo conceito para construções:

https://www.mapadaobra.com.br/inovacao/arquitetura-parametrica/

Compartilhe esta matéria

Confira as mudanças na habitação social

Baixe o e-book e saiba mais sobre os últimos anos!

Mapa da Obra - E-book
X