Votorantim Cimentos
Publicado em 03/11/2016Pintar com cal: pintura fácil, rápida e econômica
Pinturas à base de cal são aplicadas em duas demãos, sendo a primeira bem diluída e a segunda mais consistente para dar o acabamento finalCréditos: Kostasgr/shutterstock.com

Pintar com cal: pintura fácil, rápida e econômica

Técnica muito antiga, a caiação é uma boa opção para uma aparência rústica

Está precisando pintar sua casa, ou parte dela, e não quer gastar muito? Uma boa alternativa é pintar com cal, que reveste paredes de maneira simples, com uma aparência rústica, mas suave. A caiação é muito antiga e data da época em que as casas não eram rebocadas e nem pintadas, por isso, por questões de higiene e saúde, era quase obrigatório utilizar este método a fim de evitar o aparecimento e alastramento de bactérias e outros micróbios.

Com ótima relação custo-benefício, a cal pode ser aplicada em diversas superfícies, principalmente nas mais porosas e ásperas (bloco de concreto, argamassa de revestimento, concreto aparente e outros). Pintar com cal tem completa aderência a superfície.

Misturado a 16 litros de água, um único saco de oito quilos de cal para pintura permite a cobertura de uma área de 25 m² a 30 m², em duas demãos. Quanto menor a incidência de chuva na área pintada, maior a durabilidade do produto.

Quando a composição química do produto é adequada, não é preciso adicionar fixador à mistura, como é o caso da Cal de Pintura Itaú. Ela tem origem natural e é livre de compostos orgânicos voláteis (COVs) – substâncias tóxicas presentes nas fórmulas das tintas industrializadas. Além do baixo custo, é fácil de preparar e aplicar, não necessita de fixador, tem poder bactericida que previne a formação de mofo, oferece maior poder de cobertura e a parede já pode ser lavada 10 dias após a aplicação.

Pintar com cal

Para fazer a pintura à base de cal, você vai precisar de:

  • 1 saco de cal para pintura (8 quilos)
  • 16 litros de água
  • 8 colheres (sopa) de óleo de linhaça ou tungue
  • 900 ml de cola branca

Comece colocando apenas 6 dos 16 litros de água em um recipiente grande. Adicione o saco de cal e misture bem, utilizando um bastão. Depois, em outro recipiente, dissolva a cola branca em 8 litros de água e misture até formar uma mistura homogênea. Em seguida, junte as duas soluções, adicione o óleo e mexa bem a sua mistura. A consistência pode ser controlada por meio da dosagem adequada de água.

Geralmente, pintar com cal requer aplicação em duas demãos, sendo a primeira bem diluída para selar a superfície e a segunda mais consistente para dar o acabamento final, devendo-se observar o intervalo entre demãos de, no mínimo, 24 horas.

 

A cal, além de versátil, é um produto cheio de vantagens para a sua obra. Botão Site

Compartilhe esta matéria

Mais lidas

Veja também

X