Votorantim Cimentos
Publicado em 12/11/2018SMA: alternativa para pavimentação
Boa estabilidade à elevadas temperaturas é característica importante do SMACréditos: Shutterstock

SMA: alternativa para pavimentação

Boa estabilidade à elevadas temperaturas é característica importante do SMA

A mistura asfáltica do tipo SMA para pavimentação atua como revestimento ou camada de rolamento nas estruturas de pavimento asfáltico. “A composição da mistura asfáltica usinada quente do tipo SMA é composta de agregado mineral graduado, material de enchimento, fibras de celulose e cimento asfáltico modificado por polímero”, explica a professora Flaviane Melo Lopes Vallejo, do curso de Engenharia Civil do Instituto Mauá de Tecnologia. “O material de enchimento, o fíler, deve ser de natureza mineral finamente dividido, tal como cimento Portland até o limite de 2%, cal extinta, pó calcário, etc”, complementa a docente.

Atualmente, sua utilização tem sido em rodovia concessionadas, pois as concessionárias buscam alternativas ao concreto asfáltico usinado a quente convencional para melhorar a característica do revestimento final do pavimento asfáltico, como a resistência, a diminuição do ruído, o aumento do atrito pneu/pavimento e da segurança ao usuário.

É preciso considerar que o pavimento é uma estrutura construída sobre a terraplenagem, destinada a resistir aos esforços oriundos do tráfego e melhorar as condições de rolamento, constituída de múltiplas camadas. Uma é de rolamento composta por material nobre (concreto asfáltico ou de cimento Portland) e outras subjacentes que utilizam em sua composição materiais, em geral, granulares (agregados, solos, combinação de ambos, com adição de aglomerantes hidráulicos, etc).

“O SMA atua no pavimento como a camada mais nobre, camada de revestimento, que é aquela sobre a qual ocorre a passagem dos veículos diretamente”, Patrícia Barbosa, especialista em asfalto e professora da Escola de Engenharia da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Características do SMA para pavimentação

“Devido a sua composição esse tipo de mistura asfáltica apresenta alta resistência à ação do tráfego e durabilidade elevada”, afirma a docente da Universidade Mackenzie. Suas características envolvem uma elevada porcentagem de agregados graúdos, que formam um volume de vazios entre eles. Esses vazios são preenchidos por um mástique asfáltico, constituído pela mistura da fração de areia e brita, fíler, ligante asfáltico e fibras de celulose.

Com relação ao desempenho, de acordo com a docente do Instituto Mauá de Tecnologia, as suas características apresentam:

  • Boa estabilidade a elevadas temperaturas
  • Boa flexibilidade a baixas temperaturas
  • Elevada resistência ao desgaste
  • Boa resistência à derrapagem devido à macrotextura da superfície de rolamento
  • Redução do spray ou cortina de água durante a chuva
  • Redução do nível de ruído ao rolamento

Cuidados gerais

  •         De acordo com as fontes consultadas, no caso da aplicação da mistura asfáltica do tipo SMA, assim como qualquer mistura asfáltica usinada a quente, devem ser seguidas as especificação técnica dos fornecedores. Como por exemplo: não é permitida sua execução em dias de chuva e deve ser fabricada e aplicada somente em ambiente com temperatura ambiente maior que 10ºC;
  •         A superfície que irá receber a camada de SMA deve ser limpa e isenta de pó ou outras substâncias prejudiciais;
  •         Deve-se realizar uma pintura de ligação antes da sua aplicação;
  •         Deve ser considerado que o SMA tende a ser impermeável com volume de vazios que variam de 3 a 4%. O controle tecnológico deve ser garantido e atendido para que a mistura apresenta ótimos resultados.

 

Novo portfólio da Votorantim Cimentos considera o melhor produto para cada etapa da obra.

Botão Site

Compartilhe esta matéria

Mais lidas

Veja também

X