Votorantim Cimentos

Você busca conteúdos exclusivos sobre o mercado da construção civil?

Inscreva-se grátis e receba nossa newsletter.

Publicado em 16/09/2017Depósito de material de construção: 3 dicas para organizar o seu!
Caso seu perfil não seja organizado,vale treinar um funcionário ou contratar alguém que possa gerir o depósito. Essa pessoa pode auxiliar na movimentação de materiais. Créditos: Sergey Ryzhov / shutterstock.com

Depósito de material de construção: 3 dicas para organizar o seu!

A organização é um dos fatores que mais colaboram com o bom funcionamento de um depósito de material de construção e, consequentemente, com o sucesso da loja

A grande verdade é que uma loja de material de construção trabalha com centenas de produtos, como arame, ferro, argamassa, cimento, produtos para iluminação, pisos, cerâmicas, diversos tipos de tintas, pincéis, blocos de concreto, tijolos, ferramentas e muito mais. Dá para imaginar que manter um depósito de material de construção organizado não é das tarefas mais fáceis. Mas também não é impossível.

Como o leque de produtos é muito grande, você precisa ter uma lista de bons fornecedores, bem como funcionários treinados e habituados com todo o depósito, para que o atendimento ao cliente possa ser mais rápido e assertivo.

Para não perder clientes e lucrar com suas vendas, é preciso manter o depósito de material de construção controlado e organizado. Existem softwares que podem fazer isso automaticamente, mas nem todos têm acesso a este tipo de tecnologia.

A organização é um dos fatores que mais colaboram com o bom funcionamento de um depósito de material de construção e, consequentemente, com o sucesso da loja. Com um raio-x do ambiente, um controle rigoroso e disciplinado, fica fácil registrar perdas, extravios ou erros na compra.

Caso seu perfil não seja o de uma pessoa organizada e detalhista, vale treinar um funcionário ou contratar alguém que possa gerir o depósito. Essa pessoa pode auxiliar na movimentação de materiais, sabendo exatamente o que chega do fornecedor e o que sai para venda.

Confira algumas dicas que podem ser úteis para seu depósito de material de construção:

  1. Desempenho de produtos

O esquema de checagem permite analisar quais produtos têm melhor aceitação e em qual dia da semana, como, por exemplo, fins de semana, acontecem as melhores vendas.

  1. Armazenamento de qualidade

Você pode ser a pessoa ou ter a equipe mais organizada desse mundo, mas, se o espaço do depósito de materiais de construção não tiver qualidade, todo o trabalho pode ir pelos ares. Mantenha-o sempre limpo, iluminado e arejado.

  1. Reposição estratégica

Aposte na reposição contínua, assim a loja mantém um estoque menor, faz compras com mais frequência e, consequentemente, evitam-se perdas ou pedidos errados.

  1. Faça boas compras

Um mix de produtos na medida certa para sua loja e um depósito saudável, sem excessos ou escassez de produtos, começam bem antes, no momento da compra. A primeira atitude é saber negociar. Antes de bater o martelo, faça cotações em, pelo menos, três lugares diferentes.

  1. Conheça seu cliente

Para fazer compras adequadas, é preciso conhecer quais são os hábitos do seu cliente e o perfil de compra da região em que sua loja está inserida. As características da vizinhança e a frequência com que o consumidor passa pelo local são alguns aspectos importantes e que tem impacto sobre o que deverá ser fornecido nas prateleiras. Se o cliente quer preço, busque marcas de materiais de construção mais baratas, mas se ele for mais exigente, aposte na variedade e na qualidade dos produtos.

 

Após organizar seu depósito de materiais de construção, é hora de pensar em maneiras de aprimorar seu atendimento. Confira como fidelizar clientes ensinando dicas sobre alvenaria.

 

 

Compartilhe esta matéria

Quer receber notícias e dicas sobre construção civil?

Inscreva-se grátis e
receba nossa newsletter.

X