Votorantim Cimentos
Mapa da Obra - E-book

Descubra como orçar sua obra

Baixe a planilha de comparativo de custos e escolha o melhor material para seu projeto!

Publicado em 22/04/2019Dicas para organizar o canteiro de obras
Estocagem de materiais, organização, sinalização e segurança fazem toda a diferença Créditos: Shutterstock

Dicas para organizar o canteiro de obras

Deve ser organizado de maneira que cause o mínimo de impactos possível para a obra

Manter um canteiro de obras organizado não é tarefa fácil, mas é de extrema importância para garantir o bom andamento e a execução do empreendimento, além de evitar desperdício de materiais durante a execução da obra. Para isso, atentar-se para fatores como estocagem de materiais, sinalização e segurança dos funcionários faz toda a diferença.

A execução de um empreendimento necessita de instalações provisórias para garantir o andamento das atividades da maneira correta, tais como banheiros, alojamento, escritório e depósitos onde se realiza a estocagem de materiais a depender do tipo de empreendimento.

De acordo com o engenheiro da Trisul, Gustavo Mouro, não existe um formato padrão para a execução de um canteiro de obras e isso é definido durante o projeto de canteiro — que é desenvolvido com o departamento de logística: “quando se tem um canteiro com várias torres onde existem ruas, é possível usar um canteiro pronto de madeira; mas em algumas construções o terreno é pequeno e não existe espaço, então compensa utilizar um contêiner”, aponta. Outro ponto importante a ser destacado é que, antes de começar a obra, é necessário verificar a entrada de energia necessária para a utilização de equipamentos. O melhor formato depende muito das condições do terreno e do que será construído ali, porque para cada situação é necessária uma solução específica; não existe um padrão.

Um canteiro de obras bem-organizado deve considerar alguns fatores importantes:

 

Planejamento

Primeiro, é preciso fazer um planejamento do canteiro com relação ao que será construído para minimizar as mobilizações ao máximo possível. “Então, nós verificamos o terreno onde será construído o edifício e, em cima disso, começamos a estudar onde será colocado o refeitório, banheiro, almoxarifado, chuveiros, vestiários, para ter o mínimo de mobilização possível e ter o menor impacto na execução da obra em si”, ressalta Mouro.

 

Gestão eficiente e organização

Para manter o canteiro sempre limpo e organizado é de extrema importância que um gestor defina rotinas e estratégias para assegurar o bom andamento das atividades, bem como manter o cronograma e acompanhar a saúde e o uso de equipamentos de segurança por parte dos profissionais de obra, até por conta do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) que estabelece um Sistema de Gestão em Segurança do Trabalho nos serviços relacionados à construção, por meio da definição de atribuições e responsabilidades à equipe que irá administrar a obra. Por exemplo, o chuveiro não pode ser colocado onde vai ser o centro de medição. “Porque não podemos deixar para executar o centro de medição no fim da obra que é quando os chuveiros saem. O centro de medição é onde ficam os relógios da concessionária que fornece a energia”, explica o engenheiro da Trisul.

 

Armazenamento de materiais

Um dos principais problemas da falta de organização no canteiro de obras está na estocagem incorreta de materiais, o que acaba gerando perdas e prejuízos financeiros para a construtora; além do que, o armazenamento indevido de materiais em calçadas ou em outros locais abertos por falta de espaço no estoque também pode acarretar em graves acidentes. Para o descarte correto é necessário estudar o empreendimento e o terreno, e verificar no projeto como se pode posicionar o almoxarifado de ensacados, por exemplo, de uma forma que cause o menor impacto possível.

 

Descarte de entulhos

Com relação ao descarte, também depende muito do tamanho do terreno, pois em alguns é possível entrar o caminhão de caçamba e em outros é preciso deixar uma caçamba na rua em frente da obra. O canteiro vai evoluindo conforme vai avançando a obra e deve ser executado de forma que impacte o mínimo possível ao seu final. “Você vai deixando de ter o almoxarifado de alguns materiais e passa a ter outros”, destaca Gustavo.

 

Equipamentos elétricos

Alguns detalhes, como o quanto de energia será necessário para a utilização de um elevador cremalheira, também podem impactar no canteiro. É necessário observar também se o cremalheira é mais rápido como o de 60KVA ou 30KVA e se será necessário utilizar grua ou minigrua. “A escolha da grua, por exemplo, pode variar de acordo com o material que será transportado, o que está diretamente ligado ao método construtivo de cada obra”, destaca.

 

Condições de trabalho

O Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção (PCMAT) é um plano que estabelece condições e diretrizes de Segurança do Trabalho para obras e atividades relativas à construção civil. “Para a quantidade de chuveiro, é um para cada dez colaboradores; no caso dos vasos sanitários, é um para cada 20 colaboradores para garantir condições de limpeza e higiene para as atividades”, orienta Gustavo. A Portaria 3214/78 do Ministério do Trabalho e Emprego, que contempla a Norma Regulamentadora nº 18 (NR-18 – Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção), especifica a obrigação da elaboração e implantação do PCMAT em estabelecimentos (incluindo frente de obra) com 20 trabalhadores (empregados e terceirizados) ou mais.

 

Normas e regulamentação

A regulamentação do canteiro de obras é definida de acordo com a norma NBR 12284, que regulamenta as áreas comuns em canteiros; e a NR 18, que define as condições e o meio ambiente de trabalho na indústria da construção onde espaços como banheiros e refeitórios devem obedecer às regulamentações das normas e da vigilância sanitária.

NR-18 – Condições e Meio Ambiente do Trabalho na Indústria da Construção.

NBR-12284 – Áreas de vivência em canteiros de obras.

 

Equipamentos de obras e tecnologia são aliados fundamentais na redução do tempo de obra. Saiba mais:

https://www.mapadaobra.com.br/inovacao/5-equipamentos-de-obras/

 

 

 

Compartilhe esta matéria

Trisul, FG Empreendimentos e Inova Reboco. O que elas têm em comum?

As 3 companhias estão no e-book de grandes obras com o Sistema Matrix!

Mapa da Obra - E-book
X