Mapa da Obra - E-book

Confira o que faz o gestor de negócios em inteligência artificial

Baixe o e-book e descubra as funções desse profissional em uma obra! CTA: Baixe agora!

Publicado em 17/02/2020Como fazer uma parede de cimento queimado
Para fazer uma parede com acabamento de cimento queimado feito in loco é necessária uma mistura de cimento, areia, água e aditivos para melhorar a aderência e evitar possíveis rachaduras.Créditos: Duplex Ipiranga - Pietro Terlizzi

Como fazer uma parede de cimento queimado

Conheça a técnica que está ganhando cada vez mais destaque na decoração

 Por Carla Rocha

 

O cimento queimado está ganhando cada vez mais destaque na  decoração de ambientes de diversos projetos de construção civil devido a sua simplicidade, durabilidade, elegância e resistência. Muito utilizado em pisos, também é possível utilizar o cimento queimado no acabamento de paredes internas, o que dá um ar industrial ao ambiente.

De acordo com o arquiteto Pietro Terlizzi do escritório de arquitetura que leva seu nome,  Pietro Terlizzi Arquitetura e Design, para fazer uma parede com acabamento de cimento queimado feito in loco é necessária uma mistura de cimento, areia, água e aditivos para melhorar a aderência e evitar possíveis rachaduras. “E se for interessante para o projeto, é possível acrescentar pigmentos em pó da cor de sua preferência”, destaca.

Para preparar a mistura do cimento queimado é necessário apenas um recipiente e para a aplicação será preciso um pincel ou rolo, esponja ou desempenadeira, e espátula. “Durante a aplicação deve-se ter cuidado para não aplicar a argamassa em excesso num mesmo local e, com ajuda da desempenadeira, criar uma camada homogênea, além de certificar-se da secagem completa da demão para seguir para as próximas etapas”, orienta Terlizzi.

 

Confira o passo a passo para aplicar o cimento queimado em paredes:

Atualmente, o cimento queimado é disponibilizado em várias versões como, por exemplo, o revestimento acrílico, tecido adesivo ou papel de parede e também o cimento queimado pronto para aplicar, mas o processo de execução também pode ser feito da maneira tradicional que, ao contrário do que muitos pensam, é muito simples e não é feito com a queima do cimento e, sim, com aplicação do pó cimentício sobre a argamassa ainda fresca. Veja o passo a passo:

 

  • O primeiro passo é certificar-se que a área está limpa e livre de umidade. Depois, deve-se preparar a argamassa misturando a areia e o cimento, e adicionando água aos poucos, sempre misturando, até atingir uma consistência cremosa e homogênea;
  • Para aplicar a massa, é necessário fazer movimentos circulares com a esponja ou desempenadeira por toda a superfície desejada;
  • Após quatro horas da primeira demão confira se a área está totalmente seca e aplique a segunda camada, com os mesmos movimentos da primeira demão;
  • Ao finalizar a aplicação da argamassa, para obter um resultado fiel e elegante, – típico do cimento queimado – será necessário “queimar” o cimento.
  • Com a argamassa ainda úmida, polvilhe o pó de cimento sobre ela e após a absorção do cimento pela argamassa, alise a parede com a ajuda da desempenadeira.
  • Após a secagem completa, o resultado será de cimento queimado fosco. “Mas se preferir, é possível aplicar um verniz com rolo ou lixar a área para obter um resultado com efeito brilhante”, orienta o arquiteto. Por fim, para finalização, retire o pó com um pano úmido e aplique uma camada de resina e realize o seu polimento com flanela ou máquina de polir motriz.

 

Dica: se optar por fazer uma textura colorida, poderá substituir o cimento pelo pigmento em pó.

 

Com relação a manutenção, Terlizzi indica que a manutenção e limpeza das paredes de cimento queimado deve ser realizada a cada 30 dias utilizando um pano seco sobre toda a extensão da parede. “A parede nunca deve permanecer molhada e não se deve aplicar qualquer tipo de produto. Além disso, a cada três anos é recomendado reaplicar a camada de resina”, destaca. Já para pequenos reparos o mais indicado é que sejam feitos utilizando lixa: “Mas se o reparo for grande, o ideal é refazer a parede, que não aceita reparos sem deixar marcas”, finaliza.

 

Conteúdo produzido com a colaboração de Pietro Terlizzi da Pietro Terlizzi Arquitetura e Design

Compartilhe esta matéria

Conheça o novo tipo de carreira na construção: gestor de negócios em IA

Descubra quais qualificações são exigidas desse profissional

Mapa da Obra - E-book
X