Votorantim Cimentos
Mapa da Obra - E-book

Planilha de orçamento de obras para profissionais!

Baixe grátis!

Publicado por Carla Rocha em 16/12/2020Como aplicar piso porcelanato sem emenda e rejunte
Seguir especificações do fabricante do porcelanato é primordial para evitar aplicação errônea.Créditos: Shutterstock

Como aplicar piso porcelanato sem emenda e rejunte

Deve-se utilizar materiais de qualidade e seguir as orientações e os cuidados

Por se tratar de um material extremamente resistente e versátil, o porcelanato é muito utilizado para o revestimento de diversos ambientes, como pisos de cozinhas ou banheiros, além de bancadas e também áreas externas ou molhadas, por conta da sua durabilidade. Existem vários tipos e tamanhos de porcelanato, porém, antes de realizar a aplicação é preciso atentar-se a alguns pontos importantes para evitar alguns erros que podem ocorrer durante o assentamento do porcelanato, como a junta seca, que é um tipo de revestimento com rejunte zero.

Confira abaixo os materiais e ferramentas necessários para a aplicação:

Durante o assentamento das placas, é preciso utilizar materiais de qualidade bem como seguir uma série de orientações e cuidados para evitar que haja problemas como o descolamento ou desplacamento e até mesmo, a perda de aderência e degradação do porcelanato conforme o avanço do tempo da aplicação.

Insumos a serem utilizados:

  1. Porcelanato;
  2. Argamassa;
  3. Água;
  4. Espaçadores.

Ferramentas:

  1. Brocha;
  2. Riscador ou serra;
  3. Desempenadeira;
  4. Esquadro;
  5. Martelo de silicone ou borracha.

De acordo com João Carlos Gabriel, coordenador do curso de Engenharia Civil do Centro de Ciências e Tecnologia da Universidade Presbiteriana Mackenzie de Campinas, é preciso ter atenção aos detalhes e seguir algumas etapas. O porcelanato deverá ser aplicado do fundo do cômodo para a porta para que o instalador não trabalhe sobre ele ao longo da sua colocação. “A argamassa deve ser preparada conforme especificação do fabricante”, ressalta. As etapas são as seguintes:

  • Regularizar a superfície do contrapiso removendo regiões côncavas e convexas deixando-o bem plano.
  • Remover sujeira, resíduos, pós, umidade e restos de tintas.
  • Selecionar a argamassa dependendo do ambiente: interno ou externo.
  • Verificar a paginação do piso e o ponto de início de aplicação de acordo com o projeto.
  • Aplicar a argamassa com a desempenadeira recomendada pelo fabricante do porcelanato e assentar o mesmo.
  • Utilizar os espaçadores especificados pelo fabricante do porcelanato.
  • Sempre verificar o nivelamento, o esquadro, o alinhamento e os recortes.
  • Faça um trabalho de profissional: o porcelanato não deve ter desníveis e deve ser limpo de resíduos de argamassa sempre que for assentado.
  • Após seco, deve ser feito o rejunte com uso de rejunte para porcelanato.

Já com relação à manutenção, o docente explica que após a instalação deve ser feita uma intensa limpeza inicial com o uso de água limpa e detergentes neutros ou alcalinos, conforme recomendação do fabricante. Caso o porcelanato quebre, é necessário remover cuidadosamente a placa quebrada, a argamassa de assentamento solidificada e assentar uma nova placa como especificado acima. “Desta forma é necessário adquirir pelo menos 5% a mais de porcelanato para caso de substituição futura”, destaca.  De acordo com a norma de especificação técnica, o espaçamento entre as peças pode variar de acordo com o tamanho das placas e está detalhado na NBR 13.753, a norma que regulamenta os procedimentos de revestimento de piso interno ou externo com placas cerâmicas e com utilização de argamassa colante.

Normas de especificação:

NBR 15463:2013 – Placas cerâmicas para revestimento – Porcelanato.

NBR 13753:1996 – Revestimento de piso interno ou externo com placas cerâmicas e com utilização de argamassa colante – Procedimento.

NBR 14081-1:2012 – Argamassa colante industrializada para assentamento de placas cerâmicas – Requisitos.

Descubra o passo a passo da construção de churrasqueiras em residências:

Compartilhe esta matéria

Planilha de orçamento de obras para profissionais!

Quero baixar!

Mapa da Obra - E-book
X