Publicado em 15/03/2016Leveza da arquitetura fica no acabamento cimentício
Revestimentos cimentícios e concreto aparente compõem a arquitetura ao lado de treliças de bambuCréditos: Jomar Bragança

Leveza da arquitetura fica no acabamento cimentício

Projeto de arquitetura para espaço comercial aposta no acolhimento dos vários tons do cimento

Projetada por Eduarda Corrêa Arquitetura & Interiores, a nova loja Tetum – empresa mineira do ramo de design e decoração – fica numa rua comercial de grande visibilidade em Belo Horizonte (MG). Com 1.700 m², sua arquitetura atende a um conceito sustentável, com ambientes amplos e contemporâneos, luz natural, jardins, salas de reunião e estacionamento próprio. O acabamento cimentício usado garante espaços leves!

A ideia era fazer da loja a casa do cliente. Os ambientes estão dispostos com muito conforto, como numa residência, onde ele é atendido de forma personalizada. Três grandes árvores originais do terreno foram preservadas,  todas elas com 30 anos de existência e altura que avançava além da cobertura do prédio. Por ser uma loja de mobiliário, que enfatiza criações de designers brasileiros renomados, o projeto tem grandes vãos livres no primeiro e no segundo andares, com área administrativa e depósito no subsolo.

Simplicidade e beleza: acabamento cimentício 

Muito embora o imponente destaque da fachada sejam duas portas de correr em treliça de bambu, para proteger a vitrine da loja, o projeto revela preferência pelo visual dos revestimentos cimentícios e do concreto aparente, em volumetria simples e aberta, sem interferência de vigas e pilares.

Por outro lado, a opção sustentável apontou para materiais duráveis e com componentes reciclados em sua composição, e para o aço, de menor impacto ambiental. O vidro, largamente utilizado, é material 100% reciclável, e toda a madeira é originária de reflorestamento e certificada, como a maracatiara, que reveste a escadaria escultural entre pavimentos. Conheça mais detalhes do projeto na galeria de fotos.

 

E por falar no assunto, confira algumas dicas de como garantir um bom acabamento com tinta, massa decorativa ou cerâmica:Botão Site

  • Na fachada, um pórtico chanfrado de concreto atrai os olhares para a porta de entrada. Seu aspecto texturado, em lâminas, exibe desenho produzido a partir das fôrmas de concretagem. Já a porta traz visual clean e atemporal, tem estrutura em alumínio e vidro acidato, resistente a intempéries
  • A arquitetura da fachada, além de receber revestimento texturado cimentício, apostou em duas portas de correr imponentes, feitas de treliças de fibra de bambu, que protegem grandes vitrines. Por dentro, o pé direito é duplo
  • Os pisos são feitos com material que dão efeito estético de revestimentos cimentícios. Segundo a arquiteta Eduarda Corrêa, trata-se de uma mistura de limestone e resinas, para piso monolítico (dispensa juntas de dilatação), com 2mm de espessura e executado diretamente sobre o contrapiso. Oferece conforto térmico ao toque e é livre de compostos tóxicos
  • Visto a partir do hall de entrada principal no piso térreo, o mezanino - um volume que parece feito de concreto aparente -, fica apoiado sobre viga metálica. O resultado é produzido por pintura de efeito manchado, semelhante a uma nata cimentícia. “Esse efeito traz leveza ao volume suspenso”, descreve a arquiteta Eduarda Corrêa
  • Grandes aberturas em vidro valorizam e integram áreas verdes e árvores preservadas aos interiores
  • Um túnel, ou passarela de ripas de madeira e vidro interliga os dois volumes da edificação – um à frente, para a rua, onde está a entrada principal da loja Tetum, e outro volume para os fundos
  • Os vidros receberam películas especiais de proteção solar que filtram raios UV sem bloquear a luminosidade, diminuindo a entrada de calor em até 60%. Lajes de steel deck – sistema de fácil montagem, em chapas de aço galvanizado -, foram preenchidas com concreto
  • Foram preferidas lâmpadas econômicas: LED e fluorescentes. O sistema de automação para iluminação artificial também contribui na economia de energia elétrica
Compartilhe esta matéria

Veja também

X