Votorantim Cimentos
Publicado em 23/03/2016Revisão da norma deve garantir mais qualidade para lajes
Os componentes da ABNT NBR 14859 continuam sendo os mesmos, mas as definições e especificações foram revisadas, para melhor adequação às outras normas que servem de referência

Revisão da norma deve garantir mais qualidade para lajes

Após seis anos de estudos, as três primeiras partes da ABNT NBR 14859 já estão em vigor

Foram investidos seis anos de estudos, ensaios de laboratório e a participação de mais de 100 profissionais para a revisão da ABNT NBR 14859 – Lajes pré-fabricadas de concreto. Três das seis partes da norma revisada entraram em vigor em fevereiro deste ano.

A divisão do texto em partes é a principal novidade e tem como proposta facilitar a compreensão dos conceitos, definições técnicas e aplicabilidade da solução. Os componentes da ABNT NBR 14859 continuam sendo os mesmos, mas as definições e especificações foram revisadas, para melhor adequação às outras normas que servem de referência.

As três primeiras partes estabelecem requisitos relativos às vigotas, minipainéis e painéis; elementos inertes para enchimento e fôrma; e armaduras treliçadas eletrossoldadas. As demais, cobrirão aspectos que vão da produção dos componentes aos cálculos estruturais exigidos pelo sistema.

As questões de desempenho das lajes pré-fabricadas de concreto também foram consideradas na revisão dos textos e ganham destaque na parte 2, que aborda os elementos de enchimento, para atender a requisitos de modularidade definidos pela ABNT NBR 15873 – Coordenação modular para edificações. Esse foi um dos aspectos normativos que exigiu maior atenção.

Salto evolutivo

A nova versão da ABNT NBR 14859 é um salto evolutivo para a qualidade das lajes pré-fabricadas de concreto. As empresas que produzem a solução e os demais segmentos que participam do ciclo de vida do sistema construtivo poderão se apoiar na norma para crescerem juntos. A revisão periódica dos textos normativos possibilita que os avanços tecnológicos, que naturalmente acontecem nos variados setores da sociedade, sejam incluídos nas normas técnicas.

PSQ

Para assegurar o cumprimento da norma e ampliar a industrialização do produto, o ideal é que as empresas fabricantes participem do Programa Setorial da Qualidade (PSQ), sediado na Associação Brasileira da Indústria de Lajes (Abilaje).

Leia também:

NBR sem mistérios

Compartilhe esta matéria

Mais lidas

Veja também