Votorantim Cimentos
Publicado em 08/10/2013Saiba tudo sobre a pintura a cal

Saiba tudo sobre a pintura a cal

Aplicação de produto natural
alia baixo custo a beleza, durabilidade e ambiente saudável

A cal exerce diferentes funções na construção civil. O uso na pintura é uma delas. De ótima relação custo-benefício, ganha diferentes cores – basta acrescentar pigmentos industrializados encontrados nas lojas. Adequada para aplicação em diversas superfícies, principalmente as mais porosas e de elevada aspereza (bloco de concreto, argamassa de revestimento, concreto aparente e de textura áspera), a cal tem completa aderência à superfície e boa manutenção da cor.
Por ser um produto alcalino, combate fungos, germes e bactérias, o que evita a formação de manchas causadas por infiltrações e a deterioração precoce dos revestimentos. A solução também tem baixo custo. Misturado a 16 litros de água, um único saco de oito quilos de cal para pintura permite a cobertura de uma área de 25 m2 a 30 m2, em duas demãos. Quanto menor a incidência de chuva na área pintada, maior a durabilidade do produto.
Quando a composição química do produto é adequada, não é preciso adicionar fixador à mistura – como é o caso da Cal de Pintura Itaú -, e permite a difusão de vapor d’água das superfícies (a “respiração” das paredes), sendo ótima solução para evitar o acúmulo de umidades. Há também um ensejo ambiental no uso do produto: “Além de ter origem natural, a cal de pintura é isenta de compostos orgânicos voláteis (COVs) – substâncias tóxicas presentes nas fórmulas das tintas industrializadas”, explica Ricardo Winter, Negócio Cales da Votorantim Cimentos.
“Entre suas vantagens estão: baixo custo, facilidade de preparação e aplicação e combate a fungos e bactérias. A parede pode ser lavada 10 dias após a aplicação”, enumera Winter. Por seu apelo ambiental, a cal é muito procurada por profissionais que buscam solução sustentável e de efeito diferenciado.
Para aplicar em áreas já pintadas, basta preparar a superfície, com raspagem completa da pintura anterior e lixamento da parede.
Segundo Winter, a cal para pintura deve ser a mais fina e pura do mercado, específica para esse uso. “Um bom produto também deve atender a exigentes critérios de qualidade”, relembra. É o caso da Cal de Pintura Itaú, da Votorantim Cimentos, certificada pela ISO 9001.

Compartilhe esta matéria

Mais lidas

Veja também