Votorantim Cimentos
Publicado em 21/10/2016Número de unidades do Minha Casa Minha Vida deve ultrapassar os 4 milhões
Programa habitacional do Governo Federal já entregou quase 3 milhões de moradiasCréditos: MNBB Studio/shutterstock.com

Número de unidades do Minha Casa Minha Vida deve ultrapassar os 4 milhões

Ainda este ano, será iniciada a operacionalização da Faixa 1,5, com meta de contratação de 40 mil unidades habitacionais

Até meados deste ano, 2.926.381 unidades do programa Minha Casa Minha Vida já haviam sido finalizadas em todo o Brasil, segundo afirmação do vice-presidente de Habitação da Caixa, Nelson Antonio de Souza.

Segundo a CEF, as contratações até o fim do primeiro semestre somaram 4.359.396 unidades e a meta é que, até o fim de 2016, o número chegue aos 4,5 milhões nas cinco regiões do País. O Ministério das Cidades informou que, ainda neste ano, será iniciada a operacionalização da Faixa 1,5, com meta de contratação de 40 mil unidades habitacionais.

De acordo com o Ministério, em 2016 foi priorizado o pagamento das obras em andamento; a retomada de obras paralisadas; a contratação de unidades destinadas ao reassentamento de famílias impactadas por obras do PAC; e a contratação de equipamentos públicos que darão sustentabilidade social a empreendimentos entregues ou próximos da conclusão.

“Por enquanto, nossa previsão de novas contratações restringe-se ao horizonte de 2017, cujas metas são: 600 mil unidades; sendo mais de 400 mil unidades nas Faixas 1,5, 2 e 3; 100 mil unidades no MCMV-Empresas; 35 mil unidades no MCMV – Entidades Urbanas; e 35 mil unidades no MCMV – Entidades Rurais; todas do Faixa 1”, diz nota do Ministério. Também serão beneficiadas cerca de 300 mil famílias com melhorias habitacionais por intermédio de nova modalidade de atendimento, o Cartão Reforma.

O Programa

O Minha Casa Minha Vida é a maior iniciativa de acesso à casa própria já criada no Brasil. O programa prevê diversas formas de atendimento às famílias que necessitam de moradia, considerando a localização do imóvel, renda familiar e valor da unidade habitacional. Além disso, o programa também contribui para a geração de emprego e renda para os trabalhadores da construção civil que realizam as obras.

Faixa 1

A modalidade MCMV Faixa 1 produz empreendimentos habitacionais destinados às famílias com renda mensal bruta de até R$ 1.800,00. Os valores dos imóveis variam de acordo com a localidade e podem ter até 90% do valor custeado pelo Programa.

Faixa 1,5

O Faixa 1,5, destinado às famílias com renda de até R$ 2.350,00, oferece subsídios com valor máximo de R$ 45.000,00 para financiamento de imóveis até R$ 135.000,00, dependendo da localização.

Faixa 2

O Faixa 2, destinado às famílias com renda entre R$ 2.351,00 e R$ 3.600,00, permite que o interessado faça diretamente uma simulação para saber o valor do subsídio que o programa oferece.

Faixa 3

A modalidade MCMV Financiamento também possibilita o acesso à moradia por meio de financiamento com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), de famílias com renda bruta mensal acima de R$ 3.600,00 e até R$ 6.500,00, com condições especiais de taxas de juros até 8,16% a.a., reduzidas em relação às praticadas pelo mercado imobiliário.

Para participar desse produto, além de atender ao limite de renda familiar compatível, o candidato não pode ter recebido nenhum benefício do Poder Público, como: parte de pagamento do imóvel ou redução das taxas de juros. Essa verificação será realizada antes da efetivação do financiamento.

 

Compartilhe esta matéria

Mais lidas

Veja também