Votorantim Cimentos
Publicado em 07/12/2016Dicas para limpar e manter pisos de cimento queimado
Além de ser uma solução prática, econômica e resistente o cimento queimado proporciona aspecto rústico aos ambientes Créditos: alexandre zveiger / shutterstock.com

Dicas para limpar e manter pisos de cimento queimado

Tratamento com resinas acrílicas, impermeabilização e limpeza simples são algumas das práticas que garantem um piso em bom estado e durável

O piso de cimento queimado pode ser uma alternativa mais prática, econômica e resistente quando comparada aos revestimentos convencionais. Proporciona acabamento rústico graças ao processo de “queima”, que começa no preparo da argamassa (cimento, água e areia) feito no próprio local, passa pelo espalhamento sobre o contrapiso ainda úmido (ou sobre uma superfície áspera) e termina com o pó de cimento (jogado em cima) alisado por uma desempenadeira ou colher de pedreiro.

Pode receber a mistura com pó de mármore e cimento branco para garantir um visual mais claro ou, ainda, pigmentos coloridos. Combina perfeitamente com pastilhas, cerâmica, ladrilhos hidráulicos, madeira, carpetes e outros materiais.

Dicas de manutenção

Apesar de ser um piso durável, simples de limpar e resistente a impactos, é necessário considerar algumas práticas para mantê-lo em bom estado e evitar o seu desgaste ao longo do tempo.

Uma delas é o tratamento com resinas acrílicas ou à base d’água, que diminuem a porosidade da superfície e evitam a absorção de fungos e de sujeira. Além disso, contribuem para dar um acabamento fosco (mais próximo do cimento natural) ou brilhante. No entanto, é importante remover qualquer parte solta de concreto, de cimento e de resíduos com o auxílio de lixa ou espátula.

Antes da resina, é indicado passar uma base protetora com o auxílio de um rolo, pincel ou pistola. Recomenda-se aplicar a resina em duas demãos, respeitando o intervalo de 12 horas entre elas. A manutenção com este produto deve ser feita a cada três anos.

Já a opção mais econômica para quem deseja manter o piso com aparência brilhante é a cera, ou até mesmo o verniz, empregados semanalmente.

Também é possível recorrer a serviços especializados de polimento, realizados com ferramentas diamantadas, que garantem uma superfície lisinha. Por ser um piso poroso, é recomendado que seja impermeabilizado logo após a obra.

Limpeza e cuidados

Para manter o piso de cimento queimado limpo, não há muita dor de cabeça. O ideal é remover as sujeiras, como pó e areia, com vassoura ou aspirador de pó. Na hora de lavá-lo, basta utilizar detergente neutro, água morna, pano limpo ou escova de limpeza. A superfície nunca deve ficar molhada, do contrário outras sujeiras irão grudar.

Em casos de manchas, uma alternativa é lixar a parte superficial do cimento queimado com uma lixa fina. Isso deve ser feito com muita atenção para não danificar ou desnivelar o piso. Outra dica é evitar o uso de produtos abrasivos, que podem causar riscos difíceis de serem removidos.

Serviço

A mão de obra contratada para aplicar o piso de cimento queimado deve considerar alguns aspectos, como o nivelamento da superfície, as eventuais necessidades de reparo (rachaduras) e as juntas de dilatação, que são réguas inseridas entre as peças do piso para impedir que elas sofram a ação da movimentação das estruturas, impedindo assim avarias, como trincas.

O especificador também precisa indicar o tipo de cor do cimento, considerando a necessidade de mistura com pigmentos. Além disso, em alguns projetos aproveita-se o material para outros elementos, como bancadas, móveis e até mesmo parede.

Leia também: Cimento queimado é uma das soluções que dispensam pintura e revestimento

Fique por dentro: Cimento e concreto ganham destaque na decoração

Compartilhe esta matéria

Mais lidas

Veja também