Votorantim Cimentos
Publicado em 24/11/2016Concreto usinado: vale a pena em pequenas obras?
A Engemix tem uma divisão chamada Construções de Pequeno Porte, que atende pequenas obras

Concreto usinado: vale a pena em pequenas obras?

A maioria das pessoas nem cogita a possibilidade de um caminhão betoneira atender pequenas obras. Será que estão certas?

Em uma obra, o concreto é utilizado para fazer os elementos estruturais da construção, como fundações, lajes, pilares, vigas e escadas. Por isso, é muito importante que ele tenha excelente qualidade e a resistência certa.

Um caminhão betoneira chegando a uma pequena obra não faz parte dos planos da grande maioria das pessoas, que consideram essa possibilidade muito distante pelo suposto alto valor que seria desembolsado ou pela logística envolvida.

A primeira impressão é de que concreto virado na obra sai mais barato. Mas nem sempre isso é verdade, porque o pedreiro gasta muito tempo preparando a massa e é muito difícil controlar a qualidade, que depende da dedicação e capricho do profissional.

“Com concreto usinado o cliente terá  a segurança de que a mistura usada  tem as proporções certas, e atinge a resistência esperada, além de poupar tempo na obra. Com relação ao preço, o investimento de comprar o concreto usinado vale a pena pela certeza da qualidade do material”, destaca Richard de Lima, coordenador de Execução Integrada – Regional Sudeste, da Engemix.

Ele explica que o ponto mais importante é que a quantidade de cada um dos elementos do concreto (cimento, areia, pedra e água) tem que estar bem calculada para que ele tenha a resistência certa. “Se nessa mistura for colocada água demais, a resistência diminui, se o pedreiro colocar pouca água, o concreto fica cheio de buracos. A medida certa da mistura é fundamental para a qualidade do concreto”, alerta.

A Engemix, negócio de concreto da Votorantim Cimentos, atende este tipo de obra por meio da área de Construções de Pequeno Porte (CPP), que conta com uma equipe de vendas centralizada no Jaguaré, em São Paulo, e comercializa concreto para todas as filiais da Grande São Paulo. “Para as demais regiões da Sudeste temos Líderes Vendedores. O CPP da Engemix entrega o volume mínimo de 3m³ na betoneira, onde os valores/condições comerciais são negociados com a equipe dedicada para este canal de vendas (CPP)”, explica Richard.

Os clientes da CPP podem contar com todos os tipos de concreto da Engemix, “porém, a procura maior é para realização de Lajes e Pisos. Os demais traços comercializados são para realização de baldrames, vigas, fundações, brocas, estaca hélice, estaca escavada, tubulação, parede, base gerador, base da caixa d’água,  alicerce, blocos,  brocas,  sapatas, calçadas, calha de piscina, contrapiso, escada, pilar, radier, rampa, tampa, vala, etc.

Leia também: Centrais garantem concreto durável e de melhor desempenho

Compartilhe esta matéria

Mais lidas

Veja também