Votorantim Cimentos
Publicado em 02/12/2016Pesquisa registra crescimento de vendas de materiais de construção no varejo
Além da melhora em relação ao mês anterior, o desempenho ficou 6% acima do registrado em novembro de 2015

Pesquisa registra crescimento de vendas de materiais de construção no varejo

Desempenho das vendas de materiais de construção no varejo no mês de novembro foi 5,5% superior em comparação ao mês de outubro

Segundo pesquisa divulgada pela Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco), as vendas de materiais de construção no varejo cresceram 5,5% no mês de novembro, na comparação com outubro. O desempenho ficou 6% acima do registrado em novembro de 2015. O estudo ouviu 530 lojistas de todas as regiões do país entre os dias 25 a 30 de novembro e foi realizado pelo instituto de pesquisas da entidade com o apoio da Abrafati, Instituto Crisotila Brasil, Anfacer e Siamfesp.

Segundo o levantamento, as regiões Sul e Nordeste tiveram os melhores resultados do mês nas vendas de materiais de construção, seguidas pelo Norte. Já Centro-Oeste e Sudeste apresentaram vendas pouco superiores ao mês outubro.

“Tivemos uma retomada importante no mês de novembro, mas ela não deve se repetir em dezembro, pois o consumidor não quer obras em casa a partir do dia 23, por conta da proximidade com o Natal. Por conta disso, podemos praticamente fechar os números de 2016, e provavelmente fecharemos o ano com queda de 8% sobre 2015”, explica o presidente da Anamaco, Cláudio Conz, lembrando que o faturamento do setor no ano passado foi de R$ 115 bilhões.

Conz ressalta que, desde que a Associação iniciou o acompanhamento anual da série histórica de vendas de materiais de construção no varejo, em 1994, esta é a primeira vez que o setor registra retração em dois anos seguidos. Apesar disso, as perspectivas para 2017 são positivas. “Os impactos do lançamento do Cartão Reforma e da retomada do Construcard devem começar a serem sentidos já no início do ano. Para completar, outros grandes bancos estão procurando a Anamaco para alocar fundos aos seus correntistas para a compra de material de construção. A maior oferta de crédito e os juros menores devem influenciar positivamente as nossas vendas”, declara o presidente da Anamaco.

Ainda de acordo com o estudo da Anamaco, cerca de 39% dos lojistas entrevistados pretendem fazer novos investimentos nos próximos 12 meses e 11% pretendem contratar funcionários em dezembro. Já o otimismo com relação às ações do Governo nos próximos meses retraiu de 55% para 50%.

Outro fator que pode alavancar as vendas de materiais de construção é o Cartão Reforma, programa do Governo que auxilia famílias de baixa renda a realizar reformas, ampliações ou conclusões em suas moradias.Botão Site

 

Compartilhe esta matéria

Mais lidas

Veja também